jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

ISADORA TONIN

Coluna Gente
17 de junho de 2018
ISADORA TONIN
ISADORA TONIN
(foto) já fez seu primeiro voo-solo na vida profissional. Graduada em Arquitetura pela PUC-Campinas, ela é a autora do projeto de repaginação da chácara do Garça/Ana Maria.  Coube ao pai dela, engenheiro Laurentino Tonin Junior, executar o que estava na prancheta. O arquiteto Adriano Lourenço, também deu seu toque de talento na obra.  Em outros tempos, a chácara do Garça foi cenário de eventos filantrópicos capitaneados por Gibão Prandi e Dario de Carvalho.

WALTER FERREIRA DA SILVA
ganhou aplausos na Noite Italiana, dia 9 de junho, no Almeria. Ao circular entre os convidados, o cantor Paulinho Viana levantou  a bola e o bem sucedido homem de negócios não deixou por menos. Com seu timbre de tenor, cantou  o refrão de “Roberta”, sucesso de Pepino di Capri nos anos 60. Do outro lado do salão, quem também brilhou foi Alexandre Rensi. Quando Paulinho passou pela mesa onde estava, o engenheiro e empresário soltou a voz  mostrando que não conquistou a cidadania italiana por acaso. Ele ganhou aplausos ao cantar trecho de “Champagne”.

JOAQUIM SEVERINO DE ALMEIDA,
do primeiro time de ginecologistas e obstetras da região, assumirá novas funções além-consultório. No próximo sábado, 23 de junho, ele será empossado venerável-mestre da Loja Maçônica Marechal Rondon, sucedendo Alcero Rodrigues Nogueira.  Joaquim Severino é dinâmico, como demonstrou quando presidiu a Associação Paulista de Medicina-regional de Jales e realizou profícua gestão. 

REGINALDO TEODORO DE SOUZA,
pesquisador da Estação Experimental de Viticultura Tropical da Embrapa-Jales, acredita que a região de Jales tem tudo para se transformar em polo de turismo rural (ou agroturismo, como queiram). Para tanto, “Reco”, como é conhecido,  comprou uma pequena área, plantou uva e começa a colher frutos. Primeiro foi o suco . Agora, investe em vinho.  Ele acaba de receber o incentivo de um respeitado enólogo, o juiz trabalhista Pedro Pilon, que trabalhou em Jales em 2010/2011. O magistrado provou o vinho e aprovou. Em áudio enviado ao pesquisador, ele pontuou: “esse vinho não fino, além de outros do tipo que já tomei, é o melhor. Ele tem um aroma que lembra um pouco a Sardenha (é uma ilha do Mar Mediterrâneo ocidental e uma região autônoma da Itália insular), onde tem uma planta que se chama mirto. Essa planta é um pouquinho picante e tem um toque mentolado, muito bom”.

MARIA ODETE LEMOS TOMAZ DA COSTA,
presidente, e toda a diretoria e corpo técnico do Projeto Corpo e Mente em Movimento, vão  agitar as 50 crianças e adolescentes no meio de semana, promovendo o “Arraiá do Projeto”, dia 20, no salão de festas da Igreja São José Operário.

SAULO NUNES DA SILVA,
(dono da agência Preview Marketing e Publicidade, baseada em Rio Preto), Zaqueu Menezes Cardoso (representante comercial da Venturini Mármores e Granitos) e Antonio Aparecido de Oliveira, o Barrinha,(da cúpula do frigorífico da Fuga Couros, em Aparecida do Taboado-MS) relembraram os tempos em que, ao lado do saudoso Beto, irmão de Barrinha, e Luiz Carlos Seixas, hoje em Ourinhos, compunham o Quinteto Arakatu, referência em MPB em Jales nos anos 70, dando banho de talento em festivais e outras manifestações artístico-culturais. Os três ajudaram a animar a festa dos ex-servidores públicos municipais, dia 9 de junho. Quem também soltou a voz foi Luís Antonio Abra, atual diretor financeiro da Câmara Municipal.