jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

INSCRIÇÕES ABERTAS

Escola Livre de Teatro, instrumento de educação
14 de janeiro de 2018
Parte dos alunos da Escola Livre de Teatro no palco: 216 em 2016 e 197 em 2017
Estão abertas as inscrições para a Escola livre de Teatro, ao lado do Centro Cultural Dr. Edílio Ridolfo, entre as Ruas 4 e 7. 
O local é resultado de decreto da Prefeitura Municipal  que autorizou o uso daquele espaço  bem como da utilização das dependências do teatro municipal para aulas, atividades e eventos da escola. 
Em 2016, 216 alunos cursaram a escola e, em 2017, 197. Para 2018, o planejamento prevê Curso de Formação de Atores, 9º Festival Nacional de teatro, 25ª Mostra da Escola Livre de Teatro, Poesias ao Pé do Ouvido, Espetáculos de Outras Companhias, Workshops, Vivências e atividades como Arraial no Ponto, Roda de Cantiga e Encontrão. 
A Escola Livre de Teatro é reconhecida oficialmente como Ponto de Cultura  pelo Ministério da Cultura. No jargão técnico, Ponto de Cultura é uma entidade cultural ou coletivo cultural certificado.
A Escola Livre de Teatro, que existe há 30 anos, é derivado de um grupo de trabalho chamado Companhia Drummond, fundado por  Edney Gusmão Junior.

BENEFÍCIOS
A frequência às aulas da Escola Livre de Teatro não se restringe à formação de atores pura e simplesmente.
O diretor Clayton Campos, não raro, ouve de alunos que eles procuraram a escola a conselho de psicólogos. De outra parte, profissionais liberais que desejam perder a timidez de falar em público também procuraram a Elite.
Recentemente, em entrevista à TVI/SBT, a servidora  pública federal Néia Urias declarou: “ o teatro foi um divisor de águas em minha vida. Ele me preparou pra vida em todos os sentidos!. 
O médico cardiologista Manoel  Paz Landim, que estreou recentemente na direção de um espetáculo, “Gota d’Água”, de Chico Buarque diz  que o teatro serve até para o exercício de sua profissão , “falando em um tom mais suave fica mais fácil lidar com o paciente e isso o teatro nos proporciona”.