jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Hospital de Câncer espera ampliar participação na “Caminhada Passos que Salvam”

Este ano, a caminhada vai ser realizada no dia 26 de novembro.
13 de agosto de 2017
Equipe da AVCC e de apoiadores da caminhada já estão se mobilizando
O Hospital de Câncer de Barretos já começa articular a Caminhada Passos que Salvam, que acontece anualmente em novembro tendo como foco a prevenção do câncer infanto-juvenil. O objetivo da campanha é fazer com que toda a sociedade caminhe junto no mesmo dia e horário mobilizando as famílias em alerta aos sintomas do câncer infantil.
Em 2012, no primeiro ano do projeto,participaram apenas 22 cidades, 19 do estado de São Paulo e duas de Rondônia. No ano passado, depois de 6 anos da realização da primeira caminhada,participaram cerca de 500 cidades com a mobilização de 300 mil pessoas.
Para o colaborador Gersi Moura de Souza, funcionário da instituição desde 2011, participar da caminhada é mais que um ato de amor ao próximo. “Desde quando eu entrei no hospital eu participo da Caminhada e compro a camiseta. Para mim, é muito mais que simplesmente caminhar, a intenção é ajudar mesmo. Apesar de não conhecer o Hospital Infantil de Barretos, tenho a plena certeza de que o trabalho realizado lá é igual aqui, maravilhoso, “afirmou Gerci.

EM JALES
Este ano, a caminhada vai ser realizada no dia 26 de novembro, com saída em frente a Unidade do Hospital de Câncer em Jales. Os kits para a caminhada já estão sendo vendidos na AVCC – Associação de voluntários de Combate ao Câncer e é composto por boné, camiseta e sacochila, por apenas R$ 35,00.
Toda renda será em prol do Hospital Infantil de Barretos, que realiza diariamente mais de 120 atendimentos, de forma gratuita e humanizada. Para mais informações, ligue (17) 3621-1507 e fale diretamente na sede da AVCC. 

ALERTA PARA DOENÇA
Existem diferentes sinais pelos quais pode-se supor que uma criança sofra de algum tipo câncer, portanto fique atento aos seguintes sintomas:
• dores de cabeça pela manhã e vômito;
• caroços no pescoço, nas axilas e na virilha,
ínguas que não resolvem;
• dores nas pernas que não passam e atrapalham
as atividades das crianças;
• manchas arroxeadas na pele, como hematomas
ou pintinhas vermelhas;
• aumento no tamanho da barriga;
• brilho branco em um ou nos dois olhos
quando a criança sai em fotografias com
flash.