jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Hospital de Amor ganha venda de livros de poeta uraniense

por Luiz Ramires
21 de julho de 2019
O poeta Newton César Thiago doou a venda de seus livros para o Hospital de Amor
O atendimento de alto nível oferecido pelo Hospital de Amor de Jales, aos pacientes, tudo pelo SUS, sempre merece o reconhecimento de quem é atendido que muitas vezes retorna depois do tratamento, para agradecer, quanto por outras pessoas que decidem contribuir para com a instituição.
É o que está acontecendo com “Dialética em versos”, primeiro livro de poesia de Newton César Thiago, que mora em Urânia, mas trabalha em Jales como policial ambiental. O livro foi lançado no dia 12 de julho no Clube dos Cem, de Urânia e a renda livros será totalmente revertida para o Hospital de Amor, responsável pela venda, junto com a AVCC, como afirmou o autor. 
O lançamento contou com a presença de autoridades como o prefeito Márcio Arjol além da presidente da Casa do Poeta e do Escritor de Jales, poetisa e escritora Marilene Teubner e outros integrantes da instituição como José Ferreira e Celso Antônio (também escritores e poetas que já publicaram varias obras), além dos poetas mirins Brenda Massuia, Andressa Garcia e Nauan Santos. 
O autor também é formado em Comunicação Social pela Unilago de São José do Rio Preto e participou das coletâneas “Casa do Poeta de Jales & Amigos-I” e “VII Antologia da Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro”.
O livro, na definição do próprio autor, é composto por poemas livres, cada um com uma métrica própria, com temas diversificados do cotidiano, como sentimentos, questões éticos/sociais e políticas, reflexões do dia a dia, sempre com o intuito de fazer pensar, levando o leitor se desdobrar em busca das muitas informações contidas nos textos, nas palavras, na forma visual, na sonoridade, no ritmo, no contexto e até nas entrelinhas, tomando cuidado sempre para não perder o elo sentimental. O leitor, segundo ele, quando recebe uma poesia, tem que ser tocado pela emoção, isso é fundamental.

Irmã de paciente doa quadro para o Hospital de Amor

Uma forma bem diferente de reconhecimento pelo atendimento da equipe do hospital foi a entrega de um quadro pintado a óleo pela artista plástica Terezinha Pereira Bernardes, de Ituiutaba (MG), retratando o presidente da instituição, Henrique Prata.
Terezinha acompanhou de perto todo o tratamento oferecido a sua irmã, Maria Aparecida Vilarinho, que lutou contra um câncer de mama e agora faz apenas acompanhamento.
A pintora conta que não imaginava que mais alguém da sua família, um dia, precisaria enfrentar o câncer novamente e que a unidade de Jales foi uma grande surpresa em sua vida. “Quando estive em Barretos, há mais ou menos cinco anos, fiquei emocionada com o trabalho realizado. Não imaginava que mais uma vez passaria por algo assim, pois meu marido já havia passado por essa difícil experiência há cerca de 10 anos. Em dezembro do ano passado, minha irmã descobriu a doença mas graças a Deus, já está curada. Ser encaminhada para Jales foi uma surpresa para nós e depois de conhecer a unidade, entendemos que para tudo existe um propósito, inclusive tratar aqui”, relatou.
A obra de arte levou três semanas para ficar pronta. Terezinha conta que a ideia surgiu depois conversar com algumas pessoas no Hospital e conhecer um pouco da história do presidente. 
A entrega foi recebida pela assistente de captação de recursos, Ariely Siqueira e pela gerente administrativa, Camila Venturini, que afirmou que a arte ficará exposta ao lado do quadro dos pais de Henrique: Dra. Scylla Duarte Prata e Dr. Paulo Prata (in memoriam) personagens fundamentais da Fundação do Hospital de Amor Barretos.