quarta 15 julho 2020
Saúde

Homens também precisam fazer exames pré-nata

Um tema que antes não era levado em consideração passa a ser importante nas discussões em torno do exame pré-natal que deixa de ser uma necessidade só das mulheres. A participação dos homens também é importante para a saúde do bebê, principalmente no que se refere a doenças como HIV, sífilis e hepatites virais.
O tema foi debatido durante encontro com gestantes e seus companheiros, no dia 20 de novembro, promovido pelo Serviço de Assistência Especializada e Centro de Testagem e Aconselhamento – SAE/CTA e APAE.
O encontro teve como temática mostrar a importância do pré-natal da mulher e também do homem, para proporcionar a promoção, prevenção e proteção à saúde do bebê em relação a doenças como HIV, sífilis e hepatites virais que possivelmente podem ser transmitidas durante a gestação.

NOVIDADE
A coordenadora do SAE/CTA de Jales, Dieine Morise Garcia, explica que nos encontros de gestantes anteriores não eram abordados o assunto como a saúde do homem e a sua importância para o casal. “Através do encontro nós buscamos intensificar a questão da adesão do homem ao pré-natal e conscientizá-los sobre a realização de testes rápidos de HIV e Sífilis, a necessidade de procurar a unidade de saúde para poder estar atualizando a carteirinha de vacinação, dentre outros objetivos ligados à saúde do homem. Os encontros de gestantes são muito voltados para a questão das gestantes e do bebê e nós temos que fazer um alerta com relação principalmente a sífilis adquirida e a sífilis congênita. O prioritário é a redução da transmissão vertical tanto da sífilis quanto do HIV”, completou.
A APAE participou da ação promovendo uma palestra sobre prevenção primária e secundária, as deficiências e as consequências que as crianças podem obter caso não sejam executadas as duas prevenções.
Além disso, os participantes puderam realizar os testes rápidos para já começarem a prevenção de HIV, AIDS, Sífilis e Hepatites Virais.

Desenvolvido por Enzo Nagata