jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Grupos especiais recebem tratamento vip na Pilates Fitgoy

Por Márcia Godoy
20 de janeiro de 2019
As gestantes recebem atenções especiais nas aulas da Pilates Fitgoy
É uma alegria falar sobre Grupos Especiais, pois em meados de 1994, quando iniciei a minha carreira no campo das Ginásticas Holísticas, a grande questão era: COMO AGREGAR SEGURANÇA CONFORTO e RESULTADOS para as pessoas que necessitam de cuidados especiais durante os treinos físicos grupais ou individuais? 
Desde então percorri um longo e delicioso caminho nos estudos teóricos e práticos em busca dessa resposta, caminho este que percorro até os dias de hoje.
Os indivíduos que fazem parte dos Grupos Especiais são: gestantes, crianças, obesos, diabéticos, hipertensos, deficientes físicos e ou cognitivos, pessoas portadoras de patologias osteoarticulares, lesados medulares ou cerebrais, pessoas com síndromes metabólicas, entre outros.
Os últimos estudos apontam o enorme número de pessoas portadoras de doenças crônicas: diabéticos (mais de 14 milhões), obesos (mais de 33 milhões), hipertensos (45 milhões), e de acordo com o IBGE, dentro de aproximadamente 10 anos o número de idosos no Brasil ultrapassará o número de crianças.
A instrução da ACSM (American College Oficial Sportage Medicine) é a de que é imprescindível a prática regular de exercícios físicos durante o tratamento das doenças, cujo lema é Exercise is Medicine (Exercício é Remédio).

CUIDADOS E SOLUÇÕES
Quanto maior o risco apresentado pelo cliente que faz parte do denominado Grupo Especial, maior deverá ser a atenção do profissional que se comprometeu a atendê-lo nos treinos físicos (cuidados biomecânicos, limites de cargas, volume intensidade bem controlados).
O profissional precisa estudar profundamente e principalmente os conhecimentos pilares que são os parâmetros e posicionamentos para controle de atividade física de acordo com cada grupo de doença.
Além disso o Profissional da Educação Física (apontado como principal agente que atua com atividade física para essas populações) deve manter-se conectado com outros profissionais (médico, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta nutricionista, psicólogo, entre outros), tendo em vista um trabalho que ofereça de fato SEGURANÇA, CONFORTO e RESULTADOS para os clientes.

Márcia Godoy (diretora técnica da Pilates Fitgoy)