jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Gato aterroriza clínica veterinária em Jales

Por Fábio Fiorani
01 de setembro de 2019
Fábio Fiorani
Dia desses precisei levar meu gato Mimo ao veterinário por conta de um abcesso que o fazia sofrer há dias. Ao chegar à Clínica Policlínica, me assustei. Pessoas na calçada, uma viatura dos bombeiros, uma atendente da clínica estava tendo a pressão arterial aferida sentada na recepção. Um caos. Na sala de atendimento dos animais, apenas o Dr. Ivan, trancado, tentando medicar um gato. Segundo relatos, o gato surtou quando o Dr. Ivan tentou aplicar-lhe uma injeção. Coisa de gatos. Háháhá. Eis que, no meio do caos, surge o Ivan com uniforme rasgado, e segurando o bichano pelo cangote. Só faltou uma explosão atrás do Ivan para termos uma cena hollywoodiana. Háháhá. Exageros à parte, o tal gato deu trabalho. Háháhá. 
E o Parmera foi eliminado da Copa Libertadores. Claro que a culpa é do Bolsonaro. O presidente apareceu no noticiário paramentado com a camiseta do Verdão. Deu azar. Bolsonaro queima a floresta amazônica e desclassifica o Palmeiras. Háháhá. 
Por falar em florestas, um incêndio na cidade de Castilho foi destaque nos telejornais do Brasil. Especialmente nos telejornais da Rede Globo. A cena de um tatu morto apareceu dezenove vezes durante a semana passada. Tudo culpa do Bolsonaro, claro. Háháhá. Já a devastação da floresta em Jacarepaguá para a construção do Projac é um orgulho da nação. Háháhá. 
E os índios estão preocupados com as queimadas e incêndios na Amazônia. Parece que até essa semana já haviam sido queimados três Hilux dos pobres povos indígenas. Háháhá. Aliás, um amigo me contou que o programa Fantástico, da Rede Globo, entrevistou um índio que reclamou que passava necessidades. No pulso do aborígine, um Apple Watch que custa pelo menos $3.000,00. Háháhá.  
Aliás, por que a Europa não convocou reuniões de emergência para discutir os acidentes em Brumadinho e Mariana? Háháhá. Cadê as ONGs internacionais cuidando de Mariana e Brumadinho? Háháhá. 
E se o Brasil cortar relações comerciais com a França, eles ficam sem picanha e a gente fica sem Renault e Citroen. Vão encarar? Háháhá. 
Se você está errado e assume seu erro. Você é um homem em evolução. Se você está certo e assume um erro, você é um marido. Háháhá.
Aliás, segundo meu amigo andarilho bebum, aquele que sabe tudo, mas não prova nada, se você criar bem seus filhos, vai poder mimar seus netos. Se mimar seus filhos, vai criar seus netos. Háhahá. Mandou bem o cachaceiro. 
Na minha juventude, fui pobre e trabalhava muito. Agora, já não sou mais jovem. Háháhá. 
Por hoje é só. Tchau

Fábio Fiorani
(é coordenador pedagógico do CCAA de Jales)