Cidade

FUNDAÇÃO CASA: Caso de adolescente de Jales com coranavírus repercute até na imprensa de São Paulo

Por Josiane Bomfim 

Após denúncia de que um adolescente de Jales, de 15 anos ficou isolado por uma semana em um banheiro da Fundação Casa, em Rio Preto, depois de testar positivo para o novo coronavírus, o juiz da Vara da Infância e Juventude de São José do Rio Preto (SP), Evandro Pelarin, instaurou procedimento na terça-feira (16) para investigação do caso.

A ocorrência repercutiu até na página da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, que dedicou quatro tópicos ao assunto.

A Fundação Casa de Rio Preto emitiu nota dizendo que recebeu a informação de que o menor de idade teria sido mantido em local provisório, em condições que não seriam adequadas, e também instaurou sindicância, por meio da Corregedoria Geral da Instituição, para apurar o caso.

De acordo com o magistrado a internação do adolescente foi decretada pela Justiça de Jales e consta no boletim de ocorrência que ele foi apreendido depois de ameaçar a mãe de morte e ser flagrado com pedras de crack.


Desenvolvido por Enzo Nagata