jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Fórum Trabalhista de Jales faz acordo por WhatsApp

A Justiça do Trabalho, que saiu na frente na digitalização dos processos, começa a dar novo passo para agilizar as decisões.
18 de julho de 2016
O mediador Edmar Laurêncio Carareto disse que esta é a segunda vez que isso acontece
A Justiça do Trabalho, que saiu na frente na digitalização dos processos, começa a dar novo passo para agilizar as decisões. Foi o que aconteceu em Jales, no dia 8 de julho, sexta-feira quando a reclamante Cleide da Silva Miranda Marinoto, de Auriflama, conseguiu firmar acordo com o Banco do Brasil, através do WhatSApp. Isso porque a advogada Marcela da Silveira Carmona, de Araçatuba, não pode comparecer à audiência porque estava afastada por maternidade.
O mediador Edmar Laurêncio Carareto, lotado no Fórum Trabalhista de São José do Rio Preto, na Coordenadoria de Gestão Compartilhada de Processos, informou que esta é a segunda vez que isso acontece. A primeira foi no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas. Ele explicou que, na ausência da advogada, foi utilizado o WhatsApp. 
Antes foi feito um contato telefônico contando o que estava acontecendo. A advogada concordou e logo em seguida começaram a ser passadas as mensagens, para que o acordo pudesse ser formalizado legalmente, como era desejo da reclamante. As conversas foram registradas no WhatsApp e printadas para serem anexadas ao processo digital já como documentos, para garantir a efetividade do acordo.
O mediador explicou que essa facilidade deverá ser desenvolvida através de um grupo que poderá ser montado no WhatsApp para que os acordos possam ser formalizados de qualquer lugar, no país ou no exterior. 
O diretor de secretaria do Fórum Trabalhista de Jales, Norton Luiz Bechtlufft explicou que as negociações via WhatsApp ocorreram das 16:34 às 16:56, quando o acordo já  pode ser homologado pela juíza Daniela Renata Rezende Ferreira Borges.

por Luiz Ramires