jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Fisioterapia e seus cuidados no tratamento do câncer de pulmão

Os sinais e sintomas muitas vezes são confundidos com outras patologias como a gripe, alergia e até problemas na coluna devido as dores nesta região.
16 de setembro de 2018
O câncer de pulmão como todos os outros se dá por múltiplos fatores tais como: o tabagismo de forma ativa ou passiva, fatores ambientais (inalação de gases, fumaças, substancias tóxicas e poluição), doenças como tuberculose, DPOC(Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) aumentam o risco, um outro fator de predisposição que vem se destacando é a genética. 
Os sinais e sintomas muitas vezes são confundidos com outras patologias como a gripe, alergia e até problemas na coluna devido as dores nesta região.
Em sua fase inicial não apresenta manifestações perceptíveis, os sintomas começam a aparecer quando o estágio da doença já está avançado apresentando tosse, falta de ar, perda de peso, cansaço, dor torácica, náuseas e vômitos. Porém alguns sinais são específicos da doença tais como a tosse com expectoração de sangue.
O diagnóstico é realizado com a ajuda de uma radiografia do tórax, apresentando algum sinal o médico irá solicitar a ressonância magnética, tomografia computadorizada, broncoscopia ou uma biópsia da lesão para confirmação do diagnóstico. Após isso é feito o estadiamento ou seja o procedimento que avalia o estágio de evolução da patologia. O próximo passo é a realização do tratamento onde o médico encaminha para a radioterapia, quimioterapia ou cirurgia conforme a necessidade.
A Fundação Educacional de Fernandópolis-FEF, no setor de estágio obrigatório de Fisioterapia atua nos âmbitos do tratamento do câncer de pulmão, sendo divididos em vários setores, nas quais os alunos são bem preparados e observados por um supervisor qualificado com o objetivo de melhorar ou manter sua condição física e psicológica, através de exercícios cinesiorrespiratórios que visa a melhora da ventilação e expansão pulmonar, manobras respiratórias, higiene brônquica, terapia manual, exercícios para fortalecimento muscular, visto que a maioria dos pacientes com está patologia apresentam força diminuída causada pelo desuso muscular devido ao desânimo e a perda de peso.

Alunas:
Daiane Gimenez
Glaucia Bellini
Jessica ellen
Juliane Ortolan
Kauany Teixeira
Lilian Eduarda
Milena Monteiro 
Pamela Mastelari

Orientadora:
Maristela Ribeiro da Silva
Coordenadora:
Luciana Marques Barros

Curso:
Fsioterapia 8º semestre