quarta 15 julho 2020
Comunidade

Fechamento da “saída do vaso” é reivindicação antiga, afirma engenheiro e conselheiro do trânsito

O fechamento do acesso de veículos da Rua Maestro Erlon Chaves para a Avenida João Amadeu no sentido centro é uma reivindicação antiga que precisa ser resolvida para facilitar o trânsito naquele local. O que falta é vontade política para um trabalho muito simples, como afirmou o engenheiro eletricista Antônio José da Cruz, do Conselho Municipal de Trânsito.  
Cruz disse que concorda com a discussão provocada na Câmara sobre esse assunto pelo vereador Tiago Abra (PP), apoiado pelo seu colega Chico do Cartório (MDB). Tiago fez uma reivindicação nesse sentido encaminhando um requerimento ao prefeito Flávio Prandi Franco (DEM).
Desde quando foi feito, na administração do prefeito Antonio Sanches Cardoso, o Rato, a retirada daquele dispositivo, conhecido como a “saída do vaso”, vem sendo solicitada, mas até agora nada foi feito, como afirmou o engenheiro.

ROTATÓRIA
O problema era que precisava ter outro dispositivo, como a rotatória antes do viaduto sob a Rodovia Euclides da Cunha que foi feita na administração da prefeita Eunice Mistilides. Sem a “saída do vaso” e sem a rotatória, o motorista teria que seguir até o portal da cidade, para fazer o retorno para o centro.
Cruz pediu que fosse feita a rotatória e uma faixa exclusiva para os veículos vindos pela avenida no sentido centro que fossem entrar para o Supermercado Proença ou seguir pela Rua Maestro Erlon Chaves, inclusive com um tachão para os motoristas virarem e não seguirem pela avenida, ficando outras duas faixas para quem seguisse.   
A rotatória, como afirmou Cruz, foi feita de forma um tanto precária, mas acabou sendo melhorada na atual administração, inclusive para facilitar o acesso de caminhões. O que falta agora é fechar a “saída do vaso”, criando um dispositivo na guia do canteiro central da avenida que também pode ser um tachão para os motoristas não entrarem na contramão quando seguem do Proença para a cidade.
 
ACIDENTES
Abra afirma, no requerimento ao prefeito que ali é um dos locais onde acontecem mais acidentes e também lembra que há muito tempo é reivindicado que aquele dispositivo seja fechado, pois é uma medida indispensável para organizar e deixar o trânsito mais seguro. O vereador destaca que existe um projeto que foi feito há anos, mas não foi colocado em prática até agora. (L.R.)
Desenvolvido por Enzo Nagata