jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Fatec fez levantamentos para implantar curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

A afirmação é do professor mestre Alexandre Aparecido Bernardes, designado pela professora doutora Andréa Silva, diretora da instituição, para coordenar o novo curso.
24 de abril de 2017
Professor Alexandre: “cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas possuem demanda não somente na região, mas em todo o país”
A instalação do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, prevista para o início do segundo semestre,  é fruto de levantamentos que a direção e o corpo docente da Fatec fizeram durante meses  em toda a região.
A afirmação é do professor mestre Alexandre Aparecido Bernardes, designado pela professora doutora Andréa Silva, diretora da instituição, para coordenar o novo curso. 
Alexandre é graduado em Tecnologia em Processamento de Dados (Unip-Araçatuba) e Programa Especial de Formação de Docentes (CEETEPS), com especialização em Desenvolvimento de Sistema sob a Tecnologia Cliente/Servidor e Internet (Unirp)  e mestrado em Ciência Computação (Unesp). 
Eis a íntegra da entrevista que ele concedeu ao Jornal de Jales (DRJ). 

J.J. - Qual a proposta de conteúdo deste novo curso?
Alexandre Bernardes - O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas– ADS forma profissionais queanalisam, projetam, implementam e coordenam infraestruturas de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, atendendo a necessidade de mudanças provocadas pelas inovações tecnológicas nas empresas. O curso possui ênfase em engenharia de software, atuando em metodologias de construção de projetos, qualidade de software, integridade e segurança da informação, inteligência artificial, administração de banco de dados, hardware, rede de computadores, gestão de projetos de TI, consultoria tecnológica, desenvolvimento de sistemas, entre outros.

J.J. - Qual a diferença deste curso com o de Sistemas para Internet?
Alexandre Bernardes - Os cursos possuem os mesmos eixos tecnológicos, Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC. Assim, há diversas áreas em comum, tais como, banco de dados, desenvolvimento de softwares, redes de computadores, entre outras. Entretanto o curso de Sistemas para Internet - SI se propõe a formar profissionais totalmente voltados às mudanças tecnológicas inerentes à Internet, seguindo os padrões internacionais de desenvolvimento Web, tais como: web design,interfaces e aplicativos, comércio e marketing eletrônicos, portais para Internet e intranet, além de aplicativos para smartphones e tablets, entre outros.  Já ocurso de ADS forma profissionais com visão voltada à criação de soluções computacionais aplicadas à assessoria e consultoria tecnológica para empresas. Fazendo uma analogia com a construção civil, o analista de sistemas pode ser comparado com o engenheiro, pois é ele o responsável por analisar e projetar a “planta” do sistema que será desenvolvido, identificando dessa forma as tecnologias, equipes, previsão de custos, viabilidade do software, para atender a real necessidade da empresa. Ressaltamos que os cursos possuem demanda profissional não só na região, mas em todo o país, e pensando no atual cenário brasileiro, as empresas continuam buscando nas TICs soluções para reduzir custos e aumentar sua competitividade. 

J.J. - Antes de pleitear a instalação do curso, houve pesquisa de mercado?
Alexandre Bernardes - A significativa inserção de profissionais graduados pela Fatec Jales “Prof. José Camargo” no mercado de trabalho tem demonstrado a consolidação da Faculdade como uma instituição de ensino superior pública que desempenha importantes papéis para o desenvolvimento humano e regional. Nesse sentido, com o objetivo de ampliar sua contribuição social, identificou-se, por meio de consultas realizadas pela faculdade em diversos setores da sociedade civil, envolvendo empresas e profissionais liberais e por meio de pesquisas em escolas públicas e particulares, uma demanda significativa por mais profissionais na área de Tecnologia da Informação e Comunicação -TIC, porém com o seguinte perfil: Analista de Sistemas. Foi feito ainda um estudo técnico de viabilidade social e mercadológica identificando a carência desse profissional no cenário Regional e Nacional, bem como, um estudo sobre a infraestrutura necessária para a implantação do curso, como laboratórios, softwares, redes e internet. Ressaltamos, que o curso será inteiramente prático, tendo um laboratório exclusivo para cada semestre.

J.J. - Quando o curso passará a funcionar efetivamente?
Alexandre Bernardes - Já no próximo semestre, com início em agosto deste ano. Serão 40 vagas no período matutino. O período de inscrição para o vestibular será de 11/05 até às 15 horas de 12/06.

J.J. - Outras informações importantes.
Prof.ª Dr.ª Andrea Silva - O novo curso é um presente para a Instituição, no ano em que comemora 10 anos, e também para a cidade de Jales que neste mês completa 76 anos.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos o apoio de diversas empresas do setor de TIC de Jales e Região, diversas instituições, Poder Judiciário, moção de apoio das Câmaras Municipais de Jales e região, e ao prefeito de Jales Flávio Prandi Franco. 
De forma especial agradecemos a deputada Analice Fernandes pela solicitação de abertura do curso junto a Superintendência do Centro Paula Souza.