REGISTRO

Família, sinal de fraternidade e compromisso de vida

A Campanha da Fraternidade deste ano traz no seu texto base uma referência à questão familiar, em defesa da vida, vida esta, como dom e compromisso. A família está no centro da temática deste texto base, porque as relações familiares necessitam de muito cuidado, seja com as gerações já mais idosas, seja com as gerações mais novas, isto é, crianças e adolescentes. O próprio São João Paulo II, já tinha nos apontado uma das causas da crise que vivemos no mundo moderno, ou seja, o fortíssimo ataque contra a família, por isso ele apresenta a família como valor imprescindível para a humanidade.
A Campanha da Fraternidade de 2020 nos propõe uma renovação familiar, o texto base destaca uma afirmação que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) traz em suas DIRETRIZES (2019-2013): “A família é o ponto de chegada para nossa ação pastoral e o ponto de partida para a vida comunitária mais ampla” (n. 138). A meta é tornar nossos lares comunidades de fé, de ternura e cuidado para com a vida.
A temática deste ano nos faz aprimorar a vivência dos verdadeiros valores, exigindo comprometimento e sentimento de pertença ao seio familiar desde a sua concepção até o fim natural de nossa vida.
Nossas famílias podem desfrutar, neste tempo da Quaresma, a longa tradição da Igreja de se encontrar, se reunir ao redor da Palavra de Deus. Por isso, destaco o subsídio preparado pela Diocese de Jales para os encontros familiares, os grupos de ruas, os grupos de novena, enfim, tantos nomes que damos a esta atividade durante os quarenta dias quaresmais. O importante é que a família esteja no centro da nossa ação pastoral neste tempo quaresmal, recuperando seu valor, a dignidade dos seus membros, sua labuta para obter o pão de cada dia, suas alegrias e tristezas. Mas, ao mesmo tempo, devemos contemplar as riquezas que nossas comunidades e suas famílias desfrutam da reflexão proposta pela Campanha da Fraternidade de 2020. É preciso VER, SENTIR COMPAIXÃO e CUIDAR.
Por isso, se faz necessário que os grupos de famílias mantenham o mesmo olhar de Jesus, rompendo toda e qualquer indiferença aos sofrimentos das pessoas. E é olhando para a família de Nazaré que vemos um compromisso permanente com a vida. O cuidado que José teve como guardião da Sagrada família.
Justamente, nesta semana, em que aproximamos da festa de São José, nossa Diocese tem diversas comunidades com esse Padroeiro e nesse contexto os grupos de famílias podem fazer tesouro dessa devoção. Experimentando como é bom encontrar a família, como é bom rezar em família, como é bom também vivenciar a fé a partir das superações de tudo aquilo que atrapalha as nossas famílias no seu cotidiano. Portanto, irmãos e irmãs, destaco o quanto é atual e bem vinda a proposta da Campanha da Fraternidade 2020: “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso”.

Pe. Mário Roberto Rodrigues Faria
(Assessor Diocesano da Campanha da Fraternidade da Diocese de Jales) 
Desenvolvido por Enzo Nagata