jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Ex-Miss Cidade de Jales integra projeto que inclui documentário e canal de TV aberta contra o racismo

Por Luiz Ramires
18 de agosto de 2019
Iamonike e sua apoiadora, a ex-consulesa da França no Brasil, Alexandra Loras
Depois de conquistar o 3º lugar no concurso Miss São Paulo 2017 e de receber vários convites para eventos e participação nas redes sociais, a ex-Miss Cidade de Jales, Iamonike Helena Silva foi convidada para participar de um importante projeto que inclui a produção de um documentário intitulado “Inconscientes Revelados”, que deverá ser lançado em outubro, junto com a inauguração do canal de TV aberta Afro Brasil. Iamonike conta que o documentário terá muitas histórias incríveis de personalidades negras que lutaram muito para estar onde estão hoje.  
Iamonike agradece muito o apoio recebido de Alexandra Loras, primeira consulesa francesa negra no Brasil e criadora do projeto que a convidou a integrar a equipe como formadora de opinião e para atuar como representante da mulher negra do interior. No documentário, ela aborda o tema eugenia (depuração das raças) e branquitude.

ALEXANDRA NA LIDERANÇA
Em pouco mais de sete anos vivendo no Brasil, Alexandra Loras virou referência em pautas que abordam racismo, diversidade e igualdade em organizações. Jornalista e mestre em gestão de mídia, chegou ao país em 2012, acompanhando o marido Damien Loras, que assumia o consulado francês. Com o fim da missão diplomática, decidiram ficar por aqui junto do filho e continuar o trabalho que busca conscientizar e trazer equilíbrio étnico-racial dentro de organizações. Em 2018, sua plataforma digital Protagonizo, que fazia a ligação entre profissionais negros e oportunidades em multinacionais, ficou entre as finalistas na categoria Utilidade Pública/Inclusão Social no Prêmio Tela Viva Móvel depois de beneficiar mais de 450 pessoas.

HÓSPEDE OFICIAL DO MUNICÍPIO
No dia 17 de abril de 2017, logo após a conquista do 3º lugar no Miss São Paulo,  Iamonike  esteve no gabinete do prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá (DEM) onde foi recebida como hóspede oficial do município. Ela estava acompanhada pela mãe Enúbia Alves da Silva, a irmã Steffany Cristine Alves da Silva, a fotógrafa Dulce Mandarini e a maquiadora Keila Fernandes, que cuidou do seu makeup. Na Câmara, Iamonike recebeu uma moção de aplausos assinada por todos os vereadores, pela sua conquista.
Naquela semana, em entrevista ao Jornal de Jales, Iamonike disse que depois do 3º lugar no Miss São Paulo começaram a surgir propostas com divulgação nas redes sociais e presença em eventos. Agora, esse novo trabalho mostra que está no caminho certo, como afirmou.