jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Estudantes levam conhecimentos sobre a agricultura regional para 10 estados

por Luiz Ramires
21 de janeiro de 2018
Na Feira de Alimentos Orgânicos os alunos tiveram uma aula sobre a agroecologia e a agricultura orgânica regional
Levar as experiências e conhecimentos da agricultura regional para regiões diferentes de pelo menos 10 estados é o que está acontecendo no Curso de Agronomia Pronera, do Campus de Iturama da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Cerca de 50 alunos estiveram em Jales, no dia 13 de janeiro, sábado para cumprir uma programação de visitas coordenada por Nilton Marques, um dos professores do curso.
As visitas incluíram a Feira de Produtos Orgânicos, o Comboio, a empresa produtora de mudas Agromudas e a propriedade do produtor familiar de vinho Sebastião Santim que está ampliando suas experiências para a produção de vinhos finos. Lá os futuros agrônomos também conheceram a produção de uvas de algumas variedades cultivadas na região e receberam informações sobre a viticultura regional.  
Na Agromudas eles receberam informações de Leandro da Silva, um dos proprietários e da agrônoma da empresa Suzilei Francisco, sobre a produção de mudas de várias culturas, principalmente hortaliças que são fornecidas para centenas de clientes grandes e pequenos.  

O CURSO
A coordenadora pedagógica Lucy Aparecida Souza Borges de Faria explicou que o curso é uma proposta do Pronera (Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária), com duração de cinco anos, com um público bem diversificado, formado por assentados, quilombolas, extrativistas e outros grupos.
O objetivo básico do curso é fazer com que os alunos possam oferecer assistência técnica deles próprios, para trabalharem nas propriedades de suas famílias com os conhecimentos necessários para produzir da forma que achar mais adequada. Assim, o curso também está contribuindo para manter os jovens no campo, como afirmou a coordenadora.

AGROECOLOGIA
Como são filhos de pequenos produtores, o professor Nilton Marques, que também é engenheiro agrônomo e coordenador do Codeter (Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Noroeste Paulista) destaca que a agroecologia e a produção de alimentos orgânicos passam a ser um foco importante do curso, lembrando que muita experiência de Jales também está sendo levada para a região de Iturama onde a agricultura livre de defensivos está apenas começando.
Durante o curso, os alunos ficam 45 dias na faculdade, com aulas de manhã, à tarde e à noite e retornam para suas propriedades para aplicar o que aprenderam, recebendo orientações dos professores, dentro da metodologia que se denomina tempo universidade, tempo comunidade, até retornarem para mais um período em sala de aula. 
O Pronera conta com vários cursos de graduação, sendo que em Iturama está sendo desenvolvido o de Agronomia pelo fato do campus daquela cidade já contar com esse curso regularmente. A coordenadora explica que a procura pelo curso é muito grande e novas turmas poderão ser formados nos próximos anos, pois também está sendo uma experiência muito boa para a Universidade Federal.