jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Estudante que passou em seis universidades públicas de medicina é destaque na TV

A repórter foi até Aspásia, para mostrar quem é Felipe, como ele estudava 14 horas por dia e o seu local de estudos, em seu quarto.
13 de março de 2017
Felipe disse, na televisão, que decidiu fazer medicina para cuidar das pessoas
A reportagem publicada em manchete do Jornal de Jales na edição de 5 março sobre o estudante de Aspásia Felipe Manoel Porto, de 17 anos, que foi aprovado em seis universidades públicas para medicina, foi destaque na TV TEM no dia 7 de março, terça-feira. 
Felipe, que também foi destaque em entrevista no Programa Antena Ligada foi aprovado na Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal de São Paulo, USP de Ribeirão Preto, Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e Famaema, de Marília.
A repórter foi até Aspásia, para mostrar quem é Felipe, como ele estudava 14 horas por dia e o seu local de estudos, em seu quarto. Também mostrou como a família, a escola e a pequena comunidade de Aspásia receberam a notícia do sucesso de Felipe nos vestibulares.
A diretora da escola, Sílvia Pissolito, disse que toda a escola estava em festa, comemorando o desempenho do jovem estudante que já havia se destacado em outros concursos, como olimpíadas de matemática.
A mãe de Felipe, Alessandra Manoel Porto, que é coordenadora de escola, disse que cobrava muito do filho, para que ele pudesse dar exemplo, o que acabou resultando em conquistas importantes. Ela também destacou o sucesso de Felipe nas olimpíadas de matemática e agora nos vestibulares.
Felipe disse, na reportagem, que sempre gostou de números e fórmulas e em função das olimpíadas a princípio pensou e fazer engenharia. Depois optou por medicina, quando descobriu que sempre gostou de cuidar de gente e era isso que queria fazer profissionalmente.
A reportagem ouviu ainda o pai e o avô de Felipe, Ivamar da Silva Porto e Francisco da Silva Porto, que também destacaram o interesse do jovem nos estudos.

Imagens TV TEM