jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Estudante de Aspásia é campeão dos vestibulares de medicina

por Luiz Ramires
05 de março de 2017
Estudante Felipe Manoel: passando pelo trote ao ser aprovado no vestibular de medicina mais difícil do país
Ele vai cursar a USP Ribeirão Preto, mas passou também na Famerp de Rio Preto, na Famema de Marília e na Escola Paulista de Medicina. Além disso, com a nota obtida no Enem conseguiu classificação para a Federal do Paraná e Federal de Minas Gerais. Felipe Manoel Porto é mais um estudante da região que se destaca entre os melhores nos vestibulares, desta vez na área de medicina.
Em entrevista ao repórter Claudinei Antonio, no programa Antena Ligada, ele contou um pouco da sua trajetória, destacando que sonhava em conquistar uma vaga na USP de Ribeirão Preto, a mais concorrida do pais. Ele já fez sua matrícula e deverá se mudar ainda este mês para aquela cidade.
Felipe lembrou com orgulho que sempre estudou em escola pública, em Aspásia e em Santa Salete, sendo que também teve apoio de um cursinho, em Jales. A escola pública, como afirmou, oferece essa oportunidade e quem realmente se esforça consegue bons resultados.

ESFORÇO
Felipe disse que começou a focar no vestibular quando entrou no segundo ano do colegial. Naquele ano, sua rotina começava às 5h30 da manhã quando levantava e ia de Aspásia para Santa Salete onde estudava até meio-dia. Voltava para casa, descansava um pouco até as duas da tarde e voltava a estudar, até as seis da tarde quando tomava banho e vinha para o cursinho em Jales, voltando para casa à meia-noite, para dormir até 5h30 do dia seguinte.
No ano seguinte ele também acordava às 5h30, mas para vir para Jales, para fazer o cursinho em período integral, até as seis da tarde, voltava para casa e ia para a escola, até 11 da noite, quando chegava em casa, fazia sua oração e ia dormir.
Durante a entrevista, Felipe fez questão de agradecer a Deus e sua família que sempre o apoiou e às escolas onde estudou, além das pessoas que o incentivaram e ajudaram a tirar dúvidas até chegar os exames.
Claudinei disse que logo depois da entrevista a repercussão foi grande, nas redes sociais com mais de 10 mil visualizações em poucas horas e muitas pessoas desejando sucesso ao jovem Felipe.