jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Estacionamento no centro começa a ser cobrado amanhã

Os usuários terão uma tolerância de 15 minutos após estacionar o veículo.
07 de outubro de 2018
As monitoras estarão nos trechos orientando os usuários que tiverem duvidas para utilizar o sistema
A partir de amanhã, dia 8 de outubro, a Jales Park começa a cobrar pelo estacionamento rotativo, na Zona Azul, em Jales. A empresa informa que estão previstas 1.200 vagas que serão implantadas gradativamente, atendendo o cronograma aprovado pela Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana.
No dia 1º de outubro, a Jalespark iniciou suas atividades na cidade de Jales. A primeira semana foi de orientação e instrução aos usuários através de suas monitoras e da Central de Atendimento ao Cliente, localizada na Rua 4, nº 2580 e também através de folhetos instrutivos e divulgação na imprensa em geral. 
A gerente de implantação da Jales Park, Mônica Fogolin informou que para o início da primeira fase, a empresa implantou nova sinalização horizontal e vertical, além de diversos pontos de venda nessa área. As monitoras estarão nos trechos orientando os usuários que tiverem duvidas para utilizar o sistema.

COMO FAZER
A aquisição do tíquete poderá ser feita diretamente com as monitoras, nos pontos de venda em inúmeros estabelecimentos comercias, pelo celular, utilizando o aplicativo Digipare e na Central de Atendimento ao cliente. 
Os clientes cadastrados no aplicativo poderão também contar com ativação do tíquete via SMS Gratuito, ligação gratuita para URA (Unidade de Resposta Audível) “0800” ou através do Web Site www.digipare.com.br. O valor das tarifas pré-paga será de R$ 1,50 para uma hora, R$ 2,25 para uma hora e meia e R$ 3,00 para duas horas.

REGRAS
Os usuários terão uma tolerância de 15 minutos após estacionar o veículo, para validar o uso da vaga. O veículo que estacionar sem validar a tarifa, recebera um ACT (Aviso de Cobrança de Tarifa) e terá o prazo de 15 minutos a contar do horário da emissão do ACT para validar a tarifa, terminado o prazo, o usuário ainda poderá regularizar no prazo de 48 horas contados a partir da emissão do ACT (Aviso de Cobrança de Tarifa) para validar o tíquete com a tarifa pós-paga. Vencido o prazo, o sistema enviará automaticamente as imagens e informações para o poder concedente, onde a autoridade de trânsito convalidará as informações e será lavrado o AIT (Auto de Infração de Trânsito).

ISENÇÕES
Haverá isenção para motocicletas nos bolsões de moto devidamente sinalizados. Veículos de transporte de passageiros como táxi, moto-táxi e coletivos, veículos de emergência, veículos oficiais e de serviços como água, energia elétrica e telecomunicações, em serviço e devidamente identificados também ficam isentos.
Mônica destaca que as exigências tecnológicas no processo de seleção da atual administração colocam Jales no pequeno grupo das cidades com tecnologia 100% digital no gerenciamento e controle de estacionamento rotativo.

Foto: Josiane Bomfim