Arquibancada

Equipes em evolução, mas longe do ideal; O início do Paulistão

Todo início de temporada costuma ser complicado para as equipes consideradas grandes em todo o Brasil. Com menos tempo de preparação, os clubes encontram dificuldades no início dos estaduais e essa realidade não está sendo diferente pelo menos para dois gigantes neste começo de Paulistão.
Melhor equipe do futebol brasileiro e atual campeão nacional, o Palmeiras sofreu na primeira rodada e não saiu do empate por 1 a 1, diante do Red Bull. Com o time completamente diferente, o Verdão derrotou o Botafogo por 1 a 0 no confronto seguinte, mas ainda está longe de apresentar um grande futebol.
Apesar da volta de Fábio Carille, o Corinthians é mais um que vem encontrando obstáculos e, neste momento, é a maior preocupação deste início de ano. Ainda sem a melhor forma física para alguns dos seus principais reforços, o Timão está tendo dificuldades para encontrar a formação ideal para a equipe, mas isso não pode ser encarado como algo desesperador.
Em contraponto a isso, o São Paulo, ainda sem Hernanes, mas com Pablo à disposição e Nenê mostrando grande futebol, é um dos destaques deste início de Campeonato Paulista. Com boa atuação, os comandados de André Jardine - que no dia 6 de fevereiro já terão pela frente confronto decisivo pela Libertadores - marcaram sete gols, sofreram apenas um e continuam com 100% de aproveitamento.
Com Jorge Sampaoli no comando técnico, o Santos é uma equipe que apresentou novidades neste início de ano. Valorizando a posse de bola, com futebol altamente ofensivo, teve dificuldades para derrotar a Ferroviária, porém, na segunda rodada, não tomou conhecimento do São Bento e aplicou sonora goleada de 4 a 0.
Até o momento, pela pressa de chegar bem aos confrontos da Pré Libertadores, é normal que o Tricolor Paulista seja a equipe que tem apresentado o melhor futebol. Apesar disso, o Santos de Jorge Sampaoli não fica atrás e o clássico do próximo domingo, no Pacaembu, trará indícios de quem terá pela frente uma temporada mais promissora.
Em relação a Palmeiras e Corinthians, as dificuldades em todo início de temporada precisam ser encaradas como algo normal para todos os clubes, e o Campeonato Paulista deve ser visto como um laboratório, principalmente para os comandados de Felipão. Se isso for feito, é um primeiro passo importante para os objetivos serem alcançados futuramente.

Eduardo Martins 
 (jalesense, aluno do 2° ano de jornalismo da PUC-Campinas) 
Desenvolvido por Enzo Nagata