jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

ENQUANTO a cidade passa por turbulência que acaba muitas vezes influenciando na auto estima de seus moradores e o que é mais grave ...

Contexto
26 de agosto de 2018
ENQUANTO
a cidade passa por turbulência que acaba muitas vezes influenciando na auto estima de seus moradores e o que é mais grave, na falta de ânimo para novos empreendimentos, não deixam de ser bastante animadoras algumas iniciativas que começam a se definir, voltadas para segmentos importantes da nossa economia.

MAIS 
do que uma simples mudança de local, é isso que parece estar acontecendo com a Feira da Uva e do Mel (veja matéria nesta edição) que acontece nos dias 31 de agosto e primeiro de setembro, na Praça Euphly Jalles, depois de uma experiência muito bem sucedida na Praça João Mariano de Freitas, no ano passado.

AOS POUCOS
a feira que chegou a ser desativada por alguns anos por fata de interesse dos produtores, quando muitos enfrentaram uma das suas piores crises, começa a reassumir sua importância como evento voltado para o incentivo aos viticultores e compradores, na chamada terra da uva.

TRANSFORMAR
a feira em um evento regional é o que parece estar sendo desenhado pela equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, comandada pela engenheira agrônoma Sílvia Andreu Avelhaneda Pigari, como insiste em destacar o secretário Hilário Pupim.

APESAR 
das muitas dificuldades, a feira vem conquistando parceiros importantes, inclusive de outros municípios, como a Prefeitura de Urânia e diversos viticultores de Palmeira d’Oeste que também vão somando para expor seus produtos e conquistar novos consumidores.

TAMBÉM
se destaca a participação de outros segmentos da agricultura familiar, como lembra o secretário, dando o exemplo do grupo de produtores de alimentos orgânicos que vem crescendo com a adesão de mais participantes e novos produtos livres de defensivos e que terão uma barraca para mostrarem a qualidade do seu trabalho.

A EXPECTATIVA
é que para os próximos anos novos municípios produtores de uva passem a integrar a feira, para que a mesma possa crescer com mais parceiros, contribuindo para sua organização e exposição, atraindo cada vez mais visitantes de várias partes do país, inclusive como mais um passo para justificar o título conquistado por Jales recentemente, como município de interesse turístico. (Luiz Ramires)