jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Empresário de Jales comemora 20ª participação na São Silvestre

por Luiz Ramires
23 de dezembro de 2018
O empresário Otaviano, com Célia, da New Corpus, se prepara para mais uma maratona da virada do ano em São Paulo
O empresário Otaviano Brito Aguiar, maratonista da São Silvestre há 20 anos, está se preparando para mais uma vez participar da corrida mais importante do país que acontece na virada do ano.
Otaviano começou em 1999 correndo os dois primeiros anos com seu filho, Renan. Para a terceira maratona se integrou ao grupo da Academia New Corpus, comandado por Carlos José Sacco, o Saquinho e depois, com sua morte, há dois anos, continuou participando, sob o comando da esposa do ex-líder, Célia Maria de Almeida.
O empresário se emociona ao falar da sua trajetória com Saquinho que foi seu grande incentivador. Hoje sua equipe participa todos os anos fazendo uma espécie de homenagem a ele que agora tem em Célia a responsável pela continuidade desse trabalho.

OUTRAS COMPETIÇÕES
Mas não é só a São Silvestre que agita a equipe. Otaviano lembra da sua participação com Saquinho e seu grupo em corridas importantes, todos os anos, como a Meia Maratona no Rio de Janeiro, Meia Maratona de Ribeirão Preto, Volta da Pampulha, Corrida de Santos, Corrida da Matilat em Catanduva, TV Tem e outras, principalmente na região.
Depois de participar pela terceira vez da São Silvestre, Otaviano incentivou Saquinho para promover uma corrida em Jales que acabou acontecendo durante quatro anos. Ele exibe vários troféus e medalhas de sua participação em vários eventos, incluindo competição de futebol society na Escola Cooperativa Objetivo. 
Seu objetivo é continuar participando da São Silvestre pelo menos até a sua centésima edição, daqui a seis anos, e que vai coincidir com os seus 70 anos de idade.

TRADIÇÃO
Ao assumir o comando da equipe de corredores da New Corpus, Célia lembra que vem participando da São Silvestre há sete anos, sendo que Saquinho participou durante 27 anos. Na última vez Saquinho chegou a levar um grupo de 22 pessoas.
Deste então, Otaviano passou a colaborar com a organização do grupo que este ano estará correndo com cerca de 10 pessoas, pois muitos dos que participaram nos anos anteriores estão com problemas pessoais que impedem de participar, mas prometem voltar nos próximos anos.