jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Empresário avalia possibilidade de ser candidato depois de incentivo de simpatizantes

por Luiz Ramires
10 de junho de 2018
O empresário Luís Henrique Moreira, durante encontro com lideranças que insistem na sua candidatura
O empresário Luís Henrique Moreira ficou impressionado depois de uma reunião com lideranças locais, durante encontro na noite de 7 de junho, quinta-feira, na propriedade rural Estância Coqueiral, de seu sogro Durval Rossafa Rodrigues, e disse que depois de tanto incentivo dos presentes passará a levar mais a sério a possibilidade de se candidatar a deputado estadual.
Luis Henrique ponderou que uma decisão como essa tem que ser bem pensada, inclusive consultando melhor a família, mas se decidir ser candidato vai até o fim, pois tem experiência e não é da sua natureza abandonar as coisas no meio do caminho, mesmo sabendo que é uma luta muito difícil, pois uma eleição como essa deverá ter cerca de 100 candidatos por vaga.
Luis Henrique também afirma que o mais importante é a união das lideranças locais e regionais em torno de um nome que pode não ser o dele. É preciso, na sua avaliação, dar continuidade ao que aconteceu há um ano e meio, com a eleição do prefeito Flávio Prandi Franco (DEM) como candidato único.
Todos os que se pronunciaram durante o encontro defenderam a necessidade da região ter um representante na Assembleia Legislativa, lutando pelos interesses dos municípios em torno de Jales. O comentário era que Fernandópolis, Votuporanga, São José do Rio Preto e até Santa Fé do Sul sempre tiveram seus representantes em nível estadual e isso não acontece em Jales desde a morte do deputado Osvaldo Carvalho, há mais de 30 anos.
O encontro de quinta-feira teve a presença de lideranças empresariais, comunitárias e políticos, como o presidente da Câmara, Vagner Selis, o Pintinho (PRB) e os vereadores Henrique Macetão (PP), João Zanetone (PSB) e Claudecir Tupete (DEM), colaboradores como Claudir Aranda, Pérola Cardoso, Mauro Lopes, Marinilda Cavenaghi e Andrea Modesto, além do presidente da ACIJ, Leandro Rocca e da APAE, João Papassidero e da representante da Santa Casa, Luciana Vicente.