jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

EM NOME DO PAI – Fiel ao estilo que o vem caracterizando, D. Reginaldo Andrietta, bispo diocesano de Jales, que celebrou a missa das sete e meia da manhã, domingo, dia 24 de junho, dia de São João, na Catedral, não perdeu a viagem.

Fique Sabendo
01 de julho de 2018
Ex-ministro Luiz Marinho, candidato a governador pelo PT, e seu primo Luís Especiato na redação do Jornal de Jales
EM NOME DO PAI – Fiel ao estilo que o vem caracterizando, D. Reginaldo Andrietta, bispo diocesano de Jales, que celebrou a missa das sete e meia da manhã, domingo, dia 24 de junho, dia de São João, na Catedral, não perdeu a viagem. Ao falar sobre o Ano Nacional do Laicato, que valoriza o papel dos leigos nos movimentos da Igreja Católica, o bispo lembrou que é ano eleitoral e que o cristão deve prestar bem atenção nos nomes dos candidatos a deputado estadual e federal. Ele deu a entender que ninguém deve se iludir com parlamentares que ficam apresentando “emendinhas” para os municípios.

CACIFE- Luiz Marinho, candidato a governador pelo Partido dos Trabalhadores, circulou pela região na última quarta-feira, dia 27 de junho. Ele é carne-e-unha com o ex-presidente Lula desde os tempos do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, do qual foi presidente. Quando Lula, que começou a se tornar figura nacional à frente do sindicato, chegou ao Palácio do Planalto, levou o companheiro Marinho para o Ministério da Previdência Social e depois para o Ministério do Trabalho. Aliás, foi na condição de ministro, quando o petista Humberto Parini era o prefeito, que ele esteve em Jales duas vezes, a última das quais para inaugurar o prédio do Centro de Economia Solidária, hoje repaginado como Ganha Tempo.

MEMÓRIA- Fora da agenda oficial, Marinho esteve outras duas vezes em Jales. Uma, em 2010, como prefeito de São Bernardo do Campo, para prestigiar o encontro de lideranças a favor da dupla Dilma Rousseff-Michel Temer. Outra, em 2014, quando ambos foram candidatos à reeleição. Aliás, nesta visita de quatro anos atrás, ele e Michel Temer participaram da audiência que a então presidente Dilma concedeu a Clóvis Pereira, presidente do Jales Clube, e sua esposa Dirce, nos camarins da agremiação, na qual o clube se comprometia a ceder o espaço que fosse necessário para instalação de campus de universidade federal em Jales. Testemunharam o encontro o diretor deste jornal, a convite de Clóvis, e Luís Especiato, então presidente do PT jalesense. Justiça seja feita: tanto Temer quanto Marinho participaram efetivamente da audiência tentando fazer Dilma compreender a necessidade do governo federal levar o projeto adiante.

CONTA CORRENTE – Sem gravador ligado, Marinho deixou escapar uma inconfidência ao se despedir do diretor deste jornal: “a Dilma ferrou o Lula...” 

MEU CHÃO – Para quem não sabe, o candidato a governador pelo PT é da região. Nasceu em Cosmorama e foi criado em Santa Rita d’Oeste, em propriedade rural perto da Estrada 7. Depois, foi ganhar a vida em São Paulo como metalúrgico. Marinho é primo de Especiato, que o acompanhou na visita à redação deste jornal. 

CORRERIA – O empresário Luiz Henrique Moreira, pré-candidato a deputado estadual pelo partido “Podemos”, rebateu a frase de um amigo pessoal que o achou meio sumido nos últimos dias. “Ao contrário, passei todos esses dias fazendo contatos políticos e costurando apoios”, explicou. Outra revelação: ele já contratou uma agência de marketing de São Paulo para fazer sua campanha. Indicação do deputado federal Guilherme Mussi, presidente estadual do PP, partido ao qual o jalesense pertencia e presidia em âmbito municipal.

DIGA-ME COM QUEM ANDAS – Preocupado em levar às últimas consequências o Movimento pelo Brasil Ético, capitaneado pelo jurista Luiz Flávio Gomes (PSB), pré-candidato a deputado federal e seu eventual companheiro de dobradinha, o delegado Edson Sakashita, que pretende disputar uma vaga de deputado estadual pelo PHS, tem procurado contatos com pesos-pesados de outros segmentos. Há 15 dias, participou de evento ao lado do escritor Augusto Cury, recordista brasileiro em vendas de livros de autoajuda. 

BIGODE – O deputado estadual Itamar Borges (MDB), presidente da Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa e da Frente Parlamentar do Empreendedorismo, realizou Audiência Pública na manhã de quinta-feira, 28 de junho para discutir Projeto de Lei que institui o tratamento simplificado e diferenciado às micro e pequenas empresas nas contratações realizadas pela administração direta e suas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. Segundo a assessoria do deputado, o objetivo é reduzir exigências burocráticas.