jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Em breve...

A melhor idade da cidade de Jales e região contará com o “Hotel Sênior”
17 de novembro de 2019
Um dos marcos do processo civilizatório dos povos foi o HUMANISMO, que privilegia o bem-estar das pessoas, de forma a tratar os seres humanos como fins ao invés de meios, como era no paradigma anterior. Foi concebido na filosofia de Jeremy Bentham, que pregava a felicidade para o maior número. Ideal este adotado pelos povos civilizados.
Assim, iniciou-se a busca da felicidade, que inclusive tornou-se direito do povo norte americano, insculpido na Declaração de Independência Americana.
A questão crucial da busca da felicidade encontra-se na terceira idade, que merece proteção, haja vista que não mais dispõe de força e tempo para alterar o rumo de suas existências.
Neste tópico, o paradigma de proteção à velhice é o Japão. A flor de cerejeira (“sakura”), um dos símbolos do país, que floresce uma vez ao ano com intensidade, mas dura poucos dias, lembra os japoneses da efemeridade da vida e que ela deve ser vivida com intensidade. Por isso, o respeito e cuidado com os idosos.
Para alcançá-la é consenso que uma boa saúde é fundamental, como já dizia o personagem Paulo Cintura (Escola do Professor Raimundo): “Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa”.
Nesta perspectiva, nessa visão humanística, há que se propiciar ao idoso condições para que sua vida seja plena e feliz, mormente com os cuidados com a saúde.
Hotel Sênior foi embasada neste conceito, com intuito de proporcionar ao idoso experiência plena de cuidados, convivência harmônica, bem como reproduzir o ideal de felicidade.