jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Elektro “ganha” moção de repúdio na Câmara Municipal de Jales

Além do problema da falta de reposição das lâmpadas queimadas, o autor da moção critica o não atendimento para instalação de novos bicos de luz em pontos escuros do perímetro urbano.
11 de setembro de 2017
São cada vez mais frequentes as reclamações dos moradores com a falta de iluminação em vias públicas
Uma moção de repúdio à Elektro pelo descaso com que trata a iluminação pública da cidade, de autoria do vereador Vanderley Vieira dos Santos, o Deley (PPS) foi aprovado na última sessão ordinária da Câmara Municipal de Jales, realizada no dia 4 de setembro, segunda-feira. 
Além do problema da falta de reposição das lâmpadas queimadas, o autor da moção critica o não atendimento para instalação de novos bicos de luz em pontos escuros do perímetro urbano. 
No requerimento, o vereador afirma que “somente no ano de 2017, esta Câmara Municipal já encaminhou três requerimentos à Elektro, pedindo informações sobre problemas na iluminação pública em diferentes situações. Ao Poder Executivo de Jales, neste ano, já fizeram 30 (trinta) indicações sobre problemas na iluminação pública a serem resolvidos. Cabe salientar que a maior parte destes problemas apontados pelos vereadores e reclamados pela população só chegam ao nosso conhecimento depois que os próprios moradores já tentaram uma solução junto à Elektro, sem obterem algum resultado.”
O vereador afirma ainda que “lamentavelmente os problemas com a iluminação pública em Jales tem se agravado gradativamente, pois, sobre as antigas reclamações não são tomadas providências e novas situações ocorrem praticamente todos os dias.” 
Por fim a moção afirma que “diante deste quadro, resta à Câmara Municipal de Jales manifestar o seu REPÚDIO à falta de ação da Elektro em resolver os problemas de iluminação pública em nossa cidade, na esperança de que providências sejam tomadas para saná-los.”

UNIDADES DE SAÚDE
Outro problema que vinha provocando questionamentos à Elektro era referente à instalação de energia elétrica nos novos prédios de Unidades de Saúde do município. Esta semana a Elektro enviou comunicado à imprensa esclarecendo que os atendimentos referentes aos pedidos de ligação de energia elétrica das ESF Ozil Rezende, ESF Zilda Arns e ESF Luiz Ernesto Sandi Mori estão dentro do prazo determinado pela Aneel- órgão regulador. 
Segundo a empresa, o Ministério Público Federal e a Prefeitura de Jales já foram informados sobre os motivos que impediram o trabalho da concessionária.  
Informa ainda que as ligações dos prédios das ESF Ozil Rezende e ESF Zilda Arns foram concluídas nos dias 22 e 24 de agosto e que no dia 5 de setembro estava programada a ligação da Unidade Básica de Saúde ESF Luiz Ernesto Sandi Mori, mas a concessionária dependia da regularização do padrão de entrada do prédio.
A Elektro informa ainda que as principais informações que o cliente precisa saber antes de solicitar uma ligação nova de energia estão no site: https://www.elektro.com.br/prestadores-de-servico/dicas-para-nova-ligacao-de-energia.