quinta 22 outubro 2020
Perspectivas

Eleições: já sei em quem votar – Parte 1

Ano eleitoral. Antes da largada oficial para as campanhas políticas, candidatos já lotam nossas redes sociais pedindo amizades virtuais. Em breve, virão os pedidos de votos. Eu já me adiantei, escolhi meus candidatos e sei em quem vou votar e, consequentemente, em quem não vou.

Meu candidato a prefeito será aquele que tiver, em seu plano de governo, um projeto para tornar a cidade verde, com plantio de árvores ornamentais e frutíferas planejado por engenheiros agrônomos especializados em revitalização do meio ambiente. O plantio precisa acontecer tanto no centro como nos bairros. Não aceito nada com menos do que o déficit estimado. Você sabe qual é o déficit de árvores em Jales?

Meu candidato a prefeito será aquele que também apresentar um projeto para criação de hortas e pomares comunitários nos bairros da cidade, começando pelos mais carentes. Com mudas, insumos e técnica oferecidos pelo Viveiro Municipal, moradores poderão se revezar no cuidado desses espaços e a produção garantirá a segurança alimentar dos mais necessitados.

Meu candidato a prefeito será aquele que apresentar um projeto para criar praças esportivas em todos os bairros da cidade. Aquelas que têm quadras de vôlei de areia, de basquete, de futsal, aparelhos para exercícios físicos, campo de bocha, tabuleiros pintados nas mesas debaixo das árvores e parquinho infantil, com caixa de areia.

Meu candidato a prefeito será aquele que aplicar, com eficiência, a coleta seletiva do lixo, auxiliando as associações de catadores já existentes, além de obedecer à lei para descarte dos resíduos sólidos em aterros sanitários. Pode, também, usar “drones” para descobrir os lixões a céu aberto e multar quem os cria e alimenta. E, quem sabe, preparar toda a cidade para o ideal Programa de Lixo Zero.

Meu candidato a prefeito será aquele que apresentar projeto para tornar acessíveis todas as calçadas da cidade. Com largura adequada, piso sem buracos ou elevações, com guia para cegos, acessibilidade para cadeirantes, sem obstáculos como propagandas, vasos, mesas e cadeiras de estabelecimentos particulares que tomam o espaço do transeunte e o obrigam a se arriscar desviando pelas ruas.

Meu candidato a prefeito será aquele que apresentar projeto de ciclovia em todas as ruas que a geografia da cidade permitir. O município precisa da calçada para os pedestres, mas também das ciclovias para os ciclistas e das faixas de motos para a segurança dos motociclistas.

Alguns podem estar pensando, debochadamente, que é tudo utopia. E eu digo: sim, é o ideal que deve ser buscado por todos os cidadãos. Que precisa ser concretizado com nosso voto consciente. Mas, calma! Meu candidato ainda deverá ter outros projetos que abordarei no próximo artigo.

Ayne Regina Gonçalves Salviano

(É professora, jornalista, mestre em Comunicação e Semiótica, franqueada do Grupo Yduqs em Araçatuba)

Desenvolvido por Enzo Nagata