jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Educação, cadê você?

por Caroline Guzzo
09 de outubro de 2017
CAROLINE GUZZO
Tratar deste assunto é algo bem complicado na era política que estamos vivendo, afinal, a educação é a base do desenvolvimento pessoal para o exercício de cidadania e é por falta dela que o mundo está desabando, entenda o porquê.
Na verdade, venho observando atentamente as condutas tomadas por nós (incluo-me, pois também cometo erros), que reclamamos diariamente da política do país e sabemos que essa catástrofe tem como principais culpados nós, que sempre damos o famoso jeitinho brasileiro em diversas situações. 
Somos educados a realizar más condutas, mesmo que sem ‘querer’, digo no sentido de que pequenas atitudes nos revelam quem somos. Aposto que você já comprou um CD pirata, não devolveu aquele troco que lhe entregaram errado, deixou o carrinho de supermercado no meio da vaga do estacionamento e isso não acontece apenas com os irmãos Joesley e Wesley Batista que ganharam milhões com a compra de dólares um dia antes de estourar o áudio do Michel Temer, cada um na sua ligeira malandragem tira proveito de algo.
Ah, imagino também que já desrespeitou o direito alheio parando na vaga de deficiente ou do idoso, mesmo que foi ‘rapidinho’, burlou leis de trânsito quando avançou o sinal, ultrapassou errado ou dirigiu bêbado, deixou de declarar seu imposto corretamente, enfim, existem inúmeras maneiras que mostram o quanto somos corruptos e a política é feita por quem? Nós! Quem está no poder são seres humanos, brasileiros, como a gente. 
Isso não justifica a roubalheira que estamos acompanhando diariamente e também não estou aqui para defender político algum, só quero que reflitam que reclamamos dos atos dos outros sem olhar para o nosso umbigo. Esse tema recentemente também foi comentado durante o Domingão do Faustão e o Encontro com a Fátima Bernardes, que fizeram esse tipo de reflexão. 
Já parou para pensar que tudo isso é por causa da palavrinha mágica EDUCAÇÃO? É isso que falta para cada um de nós quando passamos por cima dos nossos princípios e achamos que ninguém está vendo. Pensa e reflita para que a diferença de atitudes comece por você. 

Caroline Guzzo
(é jornalista)