segunda 21 setembro 2020
Arquibancada

Domingo de clássico

Vivendo momentos de incertezas na temporada, São Paulo e Corinthians se enfrentam em clássico que deve ser muito disputado e pode definir a sequência da temporada para os técnicos Fernando Diniz e Tiago Nunes. Pressionados desde o início do ano, os treinadores ainda não se firmaram nas suas equipes e o confronto pode ser o divisor de águas para isso.

Super questionado após eliminação vexatória diante do Mirassol no Campeonato Paulista, o comandante tricolor por pouco não foi demitido, apostou na velocidade na mudança de estilo de jogo do time, conseguiu duas vitórias seguidas e chega confiante para o embate com o Timão. Sem Daniel Alves lesionado e Reinaldo suspenso, Diniz será obrigado a promover alterações e tem o dever de ser cirúrgico nas mudanças.

Mesmo longe da melhor forma física, Hernanes é peça-chave para esse jogo e precisa ser titular no lugar do camisa 10 são paulino que fraturou o braço. Na defesa, Léo vem de excelentes atuações na zaga, mas deve assumir a lateral-esquerda com a ausência de Reinaldo. Bruno Alves e Arboleda disputam posição no miolo de zaga para atuar ao lado do promissor Diego Costa.

Pressionado no início do ano diante das atuações ruins e da falta de resultados do Corinthians, Tiago Nunes adaptou a equipe a um estilo de jogo mais defensivo no retorno do futebol e, mesmo assim, as atuações ainda não são convincentes. Vice-campeão paulista, o Alvinegro começou mal o Brasileirão e soma apenas cinco pontos em quatro partidas.

Criticado após péssima apresentação nas finais do estadual, Luan foi para o banco de reservas, entrou no segundo tempo do confronto com o Fortaleza e fez um golaço. Com mais confiança, o meia-atacante é opção para o clássico, mas a grande esperança fica por conta do centroavante Jô, decisivo em momentos importantes do clube nos últimos anos.

Sem grandes elencos, São Paulo e Corinthians devem fazer partida disputada, porém os dois times sabem que uma derrota pode aumentar muito a pressão para o lado de quem sair com o resultado negativo. Sem Daniel Alves na equipe do Morumbi e Luan em má fase no rival de Itaquera, o jogo perde muito em qualidade e o estilo mais conservador deve ser uma tendência para os dois lados.

Com portões fechados em meio a pandemia do novo coronavírus, o clássico acontece hoje, às 11h, no Morumbi.

 Eduardo Martins

 (jalesense, aluno do 4° ano de jornalismo da PUC-Campinas) 

Desenvolvido por Enzo Nagata