jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

DIZER que os empresários, principalmente os pequenos, precisam ficar atentos para o que acontece nesse mundo dos negócios em permanente transformação é um discurso muitas vezes redundante...

Contexto
02 de abril de 2018
DIZER
que os empresários, principalmente os pequenos, precisam ficar atentos para o que acontece nesse mundo dos negócios em permanente transformação é um discurso muitas vezes redundante, quando não aponta para soluções que possam ser aplicadas nos diferentes segmentos produtivos, do comércio e da prestação de serviços.

É NESSE
sentido que merece destaque o esforço da Associação Comercial e Industrial de Jales, junto com o Sebrae e a Prefeitura, para oferecer aos empresários e aos futuros empreendedores uma oportunidade interessante para quem procura novos conhecimentos.

TODO
ano chama a atenção o interesse dos empresários em participar da Feira do Empreendedor, maior evento do empreendedorismo no país, que acontece em São Paulo, mas sempre o número de pessoas interessadas acaba não sendo muito grande.

DESTA VEZ,
no entanto, o trabalho de divulgação desenvolvido através do Sebrae Aqui, que passou a funcionar na sede da ACIJ, com apoio também da Prefeitura, o resultado chegou a surpreender (ver matéria nesta edição).

NADA MENOS
do que 44 empresários e pessoas interessadas em novos negócios estarão lotando um ônibus para passar o próximo domingo aproveitando o que um evento desse porte pode oferecer, em seus respectivos segmentos. E o que é mais importante: com custo zero para o transporte e entrada na feira.
É A PRIMEIRA VEZ
que isso acontece e esse interesse mostra uma tendência crescente, como afirma o agente de desenvolvimento do Sebrae Aqui e da Prefeitura, Gustavo Pontel que espera para o ano que vem uma procura ainda maior de empresários interessados em participar do evento.

APESAR
das exigências de um mundo cada vez mais competitivo e acelerado, quando um grande número de empresários busca informações novas para incrementar seus negócios pode se esperar que as soluções para expansão ou diversificação passam a ser uma tendência para os que preferem não se acomodar achando que tudo se resolve sem qualquer esforço. (Luiz Ramires)