jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Deputado afirma que governo só pensa em reduzir custos

por Luiz Ramires
19 de novembro de 2017
O deputado João Rillo criticou a preocupação do governo em apenas reduzir custos, durante entrevista ao repórter Victor Inácio da Assunção FM
O deputado João Rillo (PT) disse em Jales que vai tomar providência contra a ameaça de extinção pelo Governo do Estado do programa Sala de Leitura. Esse foi um dos assuntos discutidos durante reunião com um grupo de professores quando destacou que vem ouvindo reclamações de professores de todo o estado.
O problema, segundo o deputado, é que o governo quer substituir os professores capacitados para lidar com o programa por outros adaptados, que segundo ele precisam ser respeitados, mas pela natureza do trabalho acabam tendo mais dificuldades, mesmo porque não receberam essa capacitação e o programa pode ser interrompido nas escolas em função dessa situação.
Esse tipo de imposição, segundo o deputado pode significar perdas importantes para a escola e para a comunidade, pois na sua opinião o governo está preocupado apenas em reduzir custos, sem se preocupar com as pessoas que são atendidas ou com o desenvolvimento da educação.
A discussão de temas como esse, segundo o deputado, é importante, junto com outras questões de interesse para o desenvolvimento regional, estimulando as prefeituras para que apresentem bons projetos e pressionem o Governo do Estado para investir nas questões mais importantes.
O problema, segundo o deputado é que essa falta de recursos faz com que os municípios acabem dependendo de emenda parlamentar que não passa de um paliativo e nem sempre é liberada para o ano solicitado. Ele mesmo tem ajudado algumas instituições de Jales, como o Lar dos Velhinhos e a Santa Casa, que está aguardando a liberação de uma emenda de sua autoria de R$ 1 milhão, para custeio e compra de equipamentos.
O presidente do PT em Jales, Luiz Rosalino destacou a presença do deputado João Rillo que está sempre na região, acolhendo as demandas cada município e não apenas de Jales, querendo saber sobre as necessidades da cidade, para procurar ajudar a resolver os problemas de cada setor, como fez quando apresentou uma emenda de R$ 3 milhões para asfaltar o Distrito Industrial III, mas a mesma não foi liberada.