jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Defensores de animais comemoram liberação do tratamento da leishmaniose em cães

A liberação teve como base um estudo desenvolvido por pesquisadores de Andradina.
04 de setembro de 2016
O veterinário Fábio Nogueira pesquisou o uso do medicamento contra a leishmaniose no Brasil
O tratamento com o medicamento Milteforan da Virbac para leishmaniose em cães foi autorizado, esta semana, pelo Ministério da Saúde e Ministério da Agricultura. A liberação teve como base um estudo desenvolvido por pesquisadores de Andradina. A leishmaniose é transmitida por um mosquito e vem atingindo muitos animais em várias cidades da região. 
A pesquisa em Andradina foi coordenada pelo veterinário Fábio Nogueira. Ele disse que o medicamento que já vem sendo utilizado em outros países deverá ser liberado para o uso no Brasil a partir do ano que vem.
Logo que ficaram sabendo da liberação, várias pessoas da cidade, como Vivi Vieri, que há vários anos coordena trabalhos e ações voltadas para a defesa dos animais comemoraram nas redes sociais o fato de que a utilização do medicamento evitará a morte dos cães que são sacrificados quando contraem a doença.
Vivi lembra, em mensagem repassada pela internet, que o medicamento de uso veterinário, testado no Hospital Veterinário Mundo Animal, de Andradina, representa um marco na Medicina Veterinária, pois encerra uma discussão que já dura mais de 60 anos.