REGIÃO

Defensores de animais comemoram liberação do tratamento da leishmaniose em cães

O tratamento com o medicamento Milteforan da Virbac para leishmaniose em cães foi autorizado, esta semana, pelo Ministério da Saúde e Ministério da Agricultura. A liberação teve como base um estudo desenvolvido por pesquisadores de Andradina. A leishmaniose é transmitida por um mosquito e vem atingindo muitos animais em várias cidades da região. 
A pesquisa em Andradina foi coordenada pelo veterinário Fábio Nogueira. Ele disse que o medicamento que já vem sendo utilizado em outros países deverá ser liberado para o uso no Brasil a partir do ano que vem.
Logo que ficaram sabendo da liberação, várias pessoas da cidade, como Vivi Vieri, que há vários anos coordena trabalhos e ações voltadas para a defesa dos animais comemoraram nas redes sociais o fato de que a utilização do medicamento evitará a morte dos cães que são sacrificados quando contraem a doença.
Vivi lembra, em mensagem repassada pela internet, que o medicamento de uso veterinário, testado no Hospital Veterinário Mundo Animal, de Andradina, representa um marco na Medicina Veterinária, pois encerra uma discussão que já dura mais de 60 anos.

Desenvolvido por Enzo Nagata