quarta 14 abril 2021
Arquibancada

Decepção Mundial

Campeão da Libertadores após derrotar o Santos por 1 a 0, no Maracanã, o Palmeiras foi até o Catar para a disputa do Mundial de Clubes e decepcionou. Derrotado na semifinal pelo Tigres, do México, e também na disputa pelo terceiro lugar diante do Al Ahly, do Egito, a equipe de Abel Ferreira terminou a competição na quarta colocação, pior posição ocupada por um time sul-americano na história do torneio.

É inaceitável um clube do tamanho do Palmeiras terminar o Mundial sem conseguir balançar as redes e isso passa diretamente pela queda de rendimento da equipe. A última grande atuação foi a goleada por 4 a 0 no clássico contra o Corinthians, depois disso o desgaste físico pesou e o Verdão não foi mais o mesmo.

O técnico Abel Ferreira, espetacular na conquista da Libertadores, acumulou erros nos dois jogos no Mundial. Na semifinal, falhou ao escalar Zé Rafael como titular e isso prejudicou a produção e a marcação no meio-campo. Na disputa pelo terceiro lugar, o principal equívoco foi a entrada de Felipe Melo no lugar de Danilo, e o time ficou muito lento na transição entre defesa e ataque.

Em campo, as atuações do Verdão foram frustrantes, e o goleiro Weverton foi um dos poucos que se salvaram na campanha decepcionante. No revés diante do Tigres, o arqueiro evitou um placar elástico e na derrota frente ao Al Ahly garantiu que a disputa fosse decidida nos pênaltis.

Jogadores fundamentais como Gabriel Menino, Raphael Veiga e Luiz Adriano passaram longe das grandes atuações que foram fundamentais na conquista do bicampeonato da Libertadores. Rony foi o que mais lutou no ataque palmeirense, marcou um gol anulado de forma correta na semifinal, porém também esteve distante das apresentações brilhantes vistas durante a temporada.

Vale destacar que o Palmeiras não enfrentou adversários fracos no Catar. Vice-campeão mundial, o Tigres é um excelente time que fez frente ao Bayern de Munique e reúne condições de conquistar o título da Libertadores se disputasse o torneio sul-americano. O terceiro colocado Al Ahly também é uma boa equipe, extremamente organizada, com atletas experientes que disputaram a Copa do Mundo de 2018.

Após a decepção no Mundial, o foco do Palmeiras é a final da Copa do Brasil e o Verdão precisa se reerguer para garantir o terceiro título da temporada. Mesmo oscilando nas últimas partidas, o Grêmio será um adversário duríssimo e o time de Abel Ferreira precisa recuperar o bom futebol. Concentração e reação rápida são os caminhos para encerrar com chave de ouro a temporada vitoriosa.

Abel Ferreira errou no Mundial/ Sociedade Esportiva Palmeiras/Divulgação

 Eduardo Martins

(jalesense, jornalista com formação da PUC-Campinas) 

Desenvolvido por Enzo Nagata