jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

COLHEITA – O prefeito Flávio Prandi Franco (DEM) voltou correndo de São Paulo a tempo de participar na noite de quarta-feira, dia 30 de outubro, da comemoração do 6º aniversário da Nativa FM.

Fique Sabendo
03 de novembro de 2019
Os bem votados vereadores Kazuto, Deley e Pintinho acompanharam o prefeito na audiência com Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional , que liberou R$ 700 mil para obras para Jales
COLHEITA – O prefeito Flávio Prandi Franco (DEM) voltou correndo de São Paulo a tempo de participar na noite de quarta-feira, dia 30 de outubro, da comemoração do 6º aniversário da Nativa FM. Flá estava eufórico para dizer o mínimo, relatando com entusiasmo ao Procurador Jurídico do município, Pedro Callado, com quem dividiu  mesa, os resultados de audiências com o vice-governador Rodrigo Garcia, manda-chuva do DEM no Estado de São Paulo,  e o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, presidente estadual do PSDB. O prefeito e os vereadores Fábio Kazuto, Deley Vieira e Vagner Pintinho saíram de São Paulo com a garantia de convênios no valor total de R$ 1 milhão e 500 mil para obras de infraestrutura. 

PONTO FUTURO- Convidado  pelo empresário da comunicação, Carlos Hernandes, dirigente da Rede Link, com 12 emissoras (inclusive a Nativa)  e apresentador do SBT Interior, Flá falou durante três minutos e revelou ao público presente as boas novas, acrescentando que daqui  até o final do mandato os investimentos chegarão a R$ 20 milhões.Depois, num papo de bastidores,  indagado por Hernandes, que já foi vice-prefeito e prefeito de Araçatuba, sobre seu projeto político para o futuro, Flá sorriu e desconversou...

AULAS – O suplente de deputado estadual Luís Henrique Moreira, recém-filiado ao PSDB, não esconde de mais ninguém. Ouvido pela coluna na semana que passou, ele se declarou pré-candidato a prefeito no próximo ano. Para tanto, já elaborou uma programação de reuniões mensais visando manter acesa a chama de seus correligionários, como aconteceu há 15 dias no anfiteatro do Regional Plaza Hotel. A intenção é trazer todo mês experts em assuntos de interesse dos candidatos a vereador. 

PARÇAS- Em princípio, ele espera concorrer apoiado por 60 candidatos à vereança espalhados por quatro partidos. Além do PSDB, ele revelou que já se entendeu com os deputados federais Guilherme Mussi e Fausto Pinato    (ambos do PP),  Renata Abreu (presidente nacional do Podemos) e ex-ministro Gilberto Kassab (dono do PSD). Aliás, LH publicou em suas redes sociais na semana passada que, a pedido dele, o deputado federal Guilherme Mussi destinou R$ 100 mil para a Apae.   

BOLA NAS COSTAS – Como um assunto puxa outro, o deputado federal Fausto Pinato, com base eleitoral em nossa região, ganhou generoso espaço na edição de quarta-feira, dia 30, da Folha de S. Paulo, com direito inclusive a chamada na capa. Mas, certamente, não do jeito que gostaria. 

MERCADORIA EXTRAVIADA – Com esse título, a jornalista Daniela Lima, editora da coluna Painel, a mais lida do jornal, dedicou seis tópicos ao parlamentar da região, revelando que ele incluiu como intérpretes na comitiva presidencial da viagem à China empresários que encabeçam o mercado de produtos chineses em São Paulo e outras capitais. Diz a coluna que “ao Planalto ele identificou Mário Ye Sui Young e Thomas Law como tradutores. O primeiro é apontado como líder do grupo que comercializa produtos na chamada Feira do Paraguai, em Brasília, e no centro de SP. O segundo é filho de Law Kin Chong, que já foi preso por suborno e acusado de contrabando”.    

QUARTO AO LADO – Ainda de acordo com o Painel, “no ofício enviado à Secretaria de Governo, Pinato solicitou que Mario e Thomas Law fossem ainda cadastrados no hotel presidencial. O deputado comanda as Frentes Parlamentares no Congresso Brasil-China e Brics. Durante a viagem, Law chegou a publicar uma foto ao lado do presidente Bolsonaro”. 

ATUAÇÃO – Procurado pela equipe da Folha, “o deputado Fausto Pinato disse que Mario e Thomas são dois empresários que possuem bastante atuação dentro da colônia chinesa no Brasil. Pinato disse ainda que ambos dominam a língua chinesa e a portuguesa e são fichas limpas tanto no Brasil como na China. O deputado afirmou que ambos foram convidados por, entre outros motivos, poderem arcar com os custos de passagem e estadia”. 

FUNK OSTENTAÇÃO – O couro comeu nos últimos 15 dias no lombo do MC Gui, considerado um dos expoentes do chamado funk ostentação, que postou um vídeo tirando sarro de uma criança dentro de um trem a caminho da Disney. O bullying pegou mal e, segundo a revista Veja, Gui teve shows cancelados e os preços dos produtos com seu nome desabaram, o que obrigou o rapaz a pedir desculpas publicamente.

QUEM DIRIA... – Consta que, quando está em Orlando, na Flórida,  MC Gui, hoje com 21 anos,  costuma andar de Ferrari modelo California T. Tudo completamente diferente do rapaz que, em 2014, quando tinha 16 anos, arrastou  uma multidão de adolescentes ao recinto de exposições de Estrela d’Oeste , contratado pela comissão nomeada pelo então prefeito Pedro Itiro Koyanagi. Naquela noite, MC Gui deu show de simpatia tanto na porta do hotel quanto nos camarins e no palco.