Especial

CARNES: Consumidores aquecem mercado apesar da pandemia

Pode parece estranho, mas, em plena época de “vacas magras” por conta das dificuldades decorrentes da Covid-19, a população de Jales está comendo bastante carne.

A opinião é de um abalizado profissional do ramo, José de Oliveira Pereira, o Zé Branco, proprietário da Casa de Carnes Boi de Ouro, há 34 anos no mercado.

Segundo ele, quando a pandemia se instalou, em meados de março, houve uma certa retração dos consumidores, mas, passado o primeiro impacto, as vendas estão em escala ascendente.

Zé Branco atribui a fidelização da clientela à qualidade dos produtos que vende —carnes inspecionadas (bovinas e suínas), frangos, peixes e um portfólio de outros produtos.

A Boi de Ouro, que funciona em prédio próprio há 10 anos, está instalada na Rua 2, 2330, telefone (17) 3632-12-66 e tem serviço de entrega no formato delivery.

Aos domingos, a casa de carnes vende assados.


Desenvolvido por Enzo Nagata