jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Caravana que vai pedir mais policiais civis já está sendo articulada

por Luiz Ramires
29 de maio de 2017
O prefeito Flá entre o delegado seccional Charles Wiston de Oliveira e o coordenador do Fórum da Cidadania, Carlos Alberto Brito Neto
A Polícia Civil conta hoje com apenas 25% do efetivo que mantinha na área dos 22 municípios que compõem a Seccional de Jales, na década de 1990, enquanto o número de ocorrências aumentou cerca de 500%. Naquele período, cada município contava com um delegado residente, dois investigadores, dois escrivães e um agente. Hoje conta com apenas um policial. A redução do número de policiais ainda pode piorar com as aposentadorias que estão sendo solicitadas por vários servidores, por conta da reforma da Previdência.
O quadro foi apresentado pelo delegado seccional, Charles Wiston de Oliveira, durante reunião do Fórum da Cidadania, no dia 22 de maio, segunda-feira, na sede da Associação Comercial e Industrial de Jales, quando ficou decidido que uma caravana deverá se dirigir à Secretaria de Segurança Pública para solicitar mais policiais para pelo menos amenizar o problema. O grupo deverá contar com lideranças comunitárias, prefeitos e presidentes de Câmaras dos 22 municípios, sendo que a convocação dos mesmos ficou a cargo do prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco.

MOVIMENTO
Essa mobilização, provocada depois de editorial sobre o assunto publicado no Jornal de Jales do dia 14 de maio, é muito importante, segundo o delegado, para que a sociedade tome consciência do que está acontecendo e apoie essa reivindicação, para que a Seccional continue apresentando um alto índice de esclarecimento das ocorrências, como, por exemplo, de homicídios, furtos e roubos. 
A sugestão de mobilizar a região, apresentada pelo presidente da OAB de Jales, Marlon Livramento foi logo acatada pelos presentes e no final da reunião, o coordenador do Fórum, Carlos Alberto Brito Neto destacou que essa articulação poderá dar resultado, mesmo porque a Câmara de Jales já tomou a iniciativa de fazer um primeiro contato na Secretaria de Segurança, protocolando documento com a mesma solicitação.

ARTICULAÇÃO
As informações apresentadas pelo delegado seccional são muito importantes para dar suporte à reivindicação que deverá ser encaminhada à Secretaria da Segurança, como afirmou o prefeito Flá. Ele pretende reunir o maior número possível de lideranças políticas da região, além de deputados estaduais e federais, para mostrar a deficiência dos quadros da polícia civil na área da Seccional.
O prefeito acredita que não será difícil fazer essa articulação, ligando para cada uma dessas lideranças porque além de ser uma causa importante, esse tipo de mobilização sempre tem dado bons resultados, na região, e também porque todos os municípios têm essa preocupação em resolver o problema.