jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Brasileiro tem memória curta

Por OSMAR GABRIEL
10 de março de 2019
Osmar Gabriel
Nós, brasileiros, somos rodeados e envolvidos em assuntos polêmicos, que a mídia impiedosamente faz com que nos esqueçamos de momento os reais e aterradores problemas de cunho social que tem atingido com força descomunal o nosso país nestes últimos anos. 
Problemas antigos se juntam aos novos e nem nos damos conta porque estamos distraídos e voltados por outras situações que a mídia cria e informa propositalmente para esse fim, ou seja, “esquecer”. 
A questão de a nossa memória ser curta pagamos um preço alto com essa distração, pensando em outras situações que nos impede de empolgar com problemas individuais e alheios, esquecendo-se dos coletivos que necessitamos te dar um jeito de ajudar. 
A saúde pública pede socorro e não tem sido ouvida, a educação deixa muito a desejar, a segurança pública clama por segurança para nos proteger, nos hospitais pessoas morrem todos os dias nos corredores, mulheres dando a luz nas sucateadas maternidades e desastres e mais desastres naturais que acontecem diariamente em todas as cidades brasileiras, recentemente Mariana e Brumadinho foram vítimas dessas  tragédias e as autoridades brasileiras nada fazem e essas catástrofes passam despercebidas cruzando os braços e pouco fazem para amenizar a situação. 
Tudo isso que elencamos já caiu no esquecimento, à mídia tendenciosa nada mais fala e a luta lá em Brumadinho ainda continua, sem falar de Mariana que há três anos e já foi esquecida por completo. 
Chego à conclusão que essa amnésia popular, quem sai lucrando com tudo isso, são nossas autoridades legislativas, judiciárias, e executivas que ficam livres das cobranças e por suas responsabilidades sociais. Vibram com essa ideia de ver o povo distraído se envolvendo com outros problemas e com isso caí no esquecimento os que mais necessitam de rápidas soluções. Temos que aprender a ficar atentos, sermos mais exigentes, mais ativos e não acomodados aos nossos direitos principalmente pelas trapaças cometidas por àqueles que nos governam.
O certo é que está cada vez mais difícil alguém afirmar publicamente que não sente vergonha de ser brasileiro.

Osmar Gabriel
(Corretor de Imóveis
RG 8.320.382)