jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Brasil humilha países desenvolvidos

por Fábio Fiorani
04 de dezembro de 2017
Fábio Fiorani
A gente colhe o que planta. Esse é um ditado popular que não pode ser esquecido. Estados Unidos, Itália, Holanda e Chile resolveram só investir em saúde e educação. Deu no que deu. Estão fora da Copa do Mundo de Futebol. Chupa! Háháhá. 
Fiquei sabendo que o candidato a presidente do Corinthians Roque Citadini, está tentando localizar e falar com o afamado Marcelo Negão para pedir apoio à sua candidatura. O Marcelo, como todos sabem, tem transito livre e muita influência entre as torcidas organizadas do Timão. O Citadini vai disputar a eleição pela oposição contra o ex-presidente corintiano Andrés Sanches, candidato da situação. Marcelo Negão tá ficando mais famoso que o cunhado, nosso prefeito Flá. Háháhá. 
E por falar em corintianos, meu amigo andarilho bebum, aquele que sabe tudo, mas não prova nada, me contou que o novo diretor da Polícia Federal, Fernando Segóvia, é corintiano fanático, tendo inclusive tatuado o escudo do Timão no braço direito. Háháhá. Esse é o que disse que “só uma mala de dinheiro” não é indicio suficiente de crime ou materialidade para a prisão de políticos. Socorro! 
Semana passada a revista Veja trouxe reportagem de capa falando sobre os “novos milionários” da Lava-Jato, referindo-se à afamados advogados que estão deitando e rolando na cobrança de honorários de políticos graúdos e empreiteiros bilionários. Pois numa roda de amigos surgiu o assunto e eu disparei: “Bem feito. Tem que esfolar esses caras mesmo. ” Pois tive que ouvir e concordar com um observador do bate-papo. Ele disse textualmente o seguinte: “Só não podemos esquecer que o “dinheiro deles” na verdade foi roubado da sociedade, desviado da saúde e da educação. Muita gente morreu e se perdeu na vida por culpa desses caras e desse dinheiro que agora os advogados embolsam. É dinheiro amaldiçoado.” Credo! Não é que o cara não deixa de ter razão. Como é que esses advogados conseguem dormir depois de um dia de trabalho defendendo pilantras de toda espécie? Basta beber uma garrafa de vinho tinto bordelês Château  Pétrus, safra 1973, que vale $ 9 mil reais, conforme destacou a Veja. Háháhá. 
Notícias do cárcere. O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho afirma que teria sido agredido na cela onde está preso. Uma pessoa o teria espancado com um taco de beisebol. E para provar o que disse ele mostrou o pé machucado. O que? Alguém invade uma cela com um taco de beisebol e machuca o pé dele? Háháhá. 
Mais notícias do cárcere. O deputado Celso Jacob (PMDB), condenado em regime semiaberto, teria sido flagrado voltando para a cadeia onde passa as noites com queijo na cueca. Vai passar 7 dias no isolamento. Mas tem um ponto positivo nisso. Nenhum preso daquela ala vai querer roubar comida dele de agora em diante. Háháhá. 
E terça-feira passada a Coréia do Norte fez mais um teste com um míssil balístico intercontinental. Segundo especialistas, esse míssil seria capaz de atingir os EUA e boa parte do mundo. Mas nós brasileiros podemos ficar tranquilos. Segundo o presidente norte-coreano Kim Jong-um o Brasil está fora da rota do míssil. De acordo com o baixinho louco, o PT e o PMDB já fizeram estragos suficientes por aqui. Háháhá. 
Por hoje é só. Tchau! 

Fábio Fiorani 
(é coordenador pedagógico do CCAA de Jales e Fernandópolis)