jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

BAFÔMETRO NA CÂMARA

Projeto quer barrar vereadores bêbados nas sessões
07 de outubro de 2018
Tiago: o projeto tira as dúvidas das pessoas que vinham reclamando sobre o estado com que alguns vereadores compareciam às sessões
Comparecer à Sessão da Câmara Municipal ou às reuniões apresentando sinais exteriores e comportamentos que denotem estar sob efeito etílico ou de entorpecentes, poderá resultar em enquadramento pelo Código de Ética e Decoro Parlamentar.  É o que diz o Projeto de Resolução Número 3/2018 de autoria do Poder Legislativo, cuja leitura foi aprovada por sete dos 10 vereadores presentes à sessão ordinária do dia 1º de outubro, segunda-feira. 
A leitura para que o projeto possa ser submetido ao Departamento Jurídico e posteriormente à Comissão de Constituição e Justiça, antes de ser submetido à votação foi aprovada pelos vereadores Tiago Abra (PP), Chico do Cartório (MDB), Bismark Kuwakino (PSDB), Fábio Matsumura (PSB), João Zanetoni (PSB), Vagner Selis (PRB) e Deley (PPS). Votaram contra os vereadores Macetão (PP), Tiquinho (PSD) e Tupete (DEM). 
O projeto prevê que a constatação de que o vereador se encontra em estado de embriaguez deve ser atestado por 1/3, ou mais, dos vereadores. O projeto não diz como a embriaguez deverá ser medida, mas pelo que se discutiu na sessão de segunda-feira isso só poderá ser feito com uso de etilômetro (bafômetro) que ficará à disposição dos edis, na secretaria da Câmara.

JUSTIFICATIVA
Os vereadores justificam o projeto afirmando que o mesmo “tem por finalidade única evitar que vereadores se apresentem sob efeito etílico ou de entorpecentes, o que pode interferir no bom e correto andamento dos trabalhos, ou levar a manifestações despropositadas ou impróprias para o ambiente legislativo e para a boa reputação desta instituição”.
O vereador Tiago disse que várias pessoas vinham questionando o fato de alguns vereadores comparecerem às sessões aparentando estado de embriaguez e o projeto vem atender essas reclamações, tirando qualquer dúvida sobre o problema.