jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

AVISO AOS NAVEGANTES

Reunida na noite de quarta-feira, dia 29 de novembro, a diretoria da Unimed de Jales, proprietária do Recinto de Exposições Juvenal Giraldelli, fechou questão —não arrenda nem aluga aquele espaço para quem quiser fazer a Facip 2018, seja da iniciativa privada ou órgão público.
04 de dezembro de 2017
Mário Okanobo, presidente da Unimed; preço da Facip subiu
AVISO AOS NAVEGANTES - Reunida na noite de quarta-feira, dia 29 de novembro, a diretoria da Unimed de Jales, proprietária do Recinto de Exposições Juvenal Giraldelli, fechou questão —não arrenda nem aluga aquele espaço para quem quiser fazer a Facip 2018, seja da iniciativa privada ou órgão público.

PREGÃO – O médico Mário Okanobo, presidente da Unimed, esclareceu ainda que  o valor da área subiu de R$ 3 milhões para R$ 3 milhões e 500 mil. Segundo ele, o preço  oscilou para cima  porque, ao que tudo indica, se sair algum negócio, a cooperativa médica terá que remunerar corretores, o que não aconteceria se as tratativas com Raphael Vieira Carvalho, da Gauri Eventos, de São Paulo, tivessem se concretizado. 

LINHA DE FRENTE – O empresário Carlos Toshiro Sakashita, vice-provedor da Santa Casa, não é um vice decorativo. Ao contrário, ele vem participando ativamente da administração do hospital.  Chamado a falar na última segunda-feira, dia 27 de novembro, no café da manhã comemorativo aos 59 anos da Santa Casa, ele chegou a pedir desculpas a alguns colaboradores pela sua insistência em mudar  procedimentos que sempre foram adotados em determinados setores, introduzindo novos conceitos administrativos da iniciativa privada.

TESTEMUNHO – Assim que o provedor Junior Ferreira colocou a palavra livre, o advogado Guilherme Soncini da Costa elogiou o atendimento da equipe do hospital. Ele contou que sua sogra precisou  ser internada na Santa Casa, tendo recebido tratamento vip. Detalhe;os sogros de Guilherme moraram a vida inteira em Ourinhos e tinham pouco conhecimento em Jales.  

DINDIN – Aos poucos, os servidores da Santa Casa vão se soltando. Há três semanas, Ernesto Rodrigues de Jesus, um dos mais antigos, saiu da habitual discrição para ressaltar a intervenção positiva  da deputada estadual Analice Fernandes, ali presente, em episódio de 2005. Na última segunda-feira, dia 27, foi a vez da assistente social Rose, aproveitando que se falava no eqiuilíbrio das contas da Santa Casa, ressaltar que todos os funcionários já tinham recebido a primeira parcela do 13º salário.

VITRINE – O jalesense Jarbas Zuri Junior, que mora em São Paulo, circulou pela terrinha no final da semana passada. E trouxe uma novidade: ele é o novo titular da Secretaria de Turismo e Eventos do município de Paulínia. E como tal  esteve em Jales não somente para visitar a mãe,dona Melica, como para dar uma espiada na decoração natalina de Santa Fé do Sul com o evidente objetivo de implantar algo parecido em Paulínia. Dinheiro é o que não falta por lá. O município, que sedia uma refinaria,  recebe royalties do petróleo. 

JOGO DE CINTURA – O detalhe é que Jarbas é membro da Comissão Executiva Estadual do PMDB e  o prefeito de Paulínia, Dixon Ronan Carvalho, é filiado ao PP (Partido Progressista)

REPÚBLICA DE JALES – Além de Jarbas, outro jalesense foi requisitado pela administração municipal de Paulínia—Carlos Eduardo Tadeu Rayel.Ele está implantando um novo serviço, o de Comunicações Digitais. Carlinhos foi peso-pesado no governo de Orestes Quércia, entre 1987 e 90. Depois fundou uma empresa de marketing político, a Mídia Brasil, que deu assessoria, entre outros, ao então governador do Rio de Janeiro, Antonhy Garotinho . Também trabalhou no Estado de Mato Grosso. 

SETE INSTRUMENTOS – Voltando a Jarbas, ao assumir a Secretaria de Turismo e Eventos de Paulínia, o conterrâneo mostra a dimensão de sua versatilidade. Ele começou sua atuação no andar de cima, nos anos 80, como assessor de gabinete do então secretário de Governo, Roberto Rollemberg. Depois foi para a iniciativa privada. Em seguida, já nos anos 2000 , foi Secretário de Meio Ambiente em Santo André e posteriormente  asessor  especial do prefeito de São Caetano do Sul. 

MULTIPLO PAPEL - Glauciane Helena Franco,primeira-dama do município e presidente do Fundo Municipal de Solidariedade, tem se multiplicado. Além dos cursos de capacitação gratuitos e quase diários oferecidos pelo Fundo e de campanhas como a do Arrastão de Natal, ela encontra tempo para eventos  como, por exemplo, o Chá Beneficente marcado para o próximo domingo, dia 10 de dezembro, no salão de festas da Paróquia Santo Antonio.Tudo isto sem perder de vista os filhos Luís Eduardo, com 17 anos, e Artur, com 9, acompanhando pari passu o desempenho escolar dos herdeiros.