Eventos

Arraiá

Rafael Honorato

Organizado em parceria com a APM (Associação de pais e mestres) e a Comissão de formatura, aconteceu no último dia 31, nas dependências da própria escola, o Arraiá da E.E. Dom Artur Horsthuis, que em sua terceira realização, vem se tornando tradição no que se refere a “Festa Junina” na cidade.

Planejado há cerca de 20 dias, o evento incorporado o tema “Copa do Mundo” em sua decoração, com enfeites confeccionados pelos alunos, teve uma quantidade de público superior ao que era esperado pela equipe organizadora.

A diretora Mary Lourenço enfatizou: “Todos os produtos que colocamos à venda acabaram!”.

O sucesso da festa, segundo a diretora, se deve ao grande envolvimento por parte de todos os alunos, professores e equipe gestora, que não mediram esforços para que pudesse ser realizado um belíssimo evento, como de fato ocorreu, e para um maior incentivo, a renda será dividida entre a APM e a Comissão de formatura.

O grande público que lotou a quadra poliesportiva da escola pode conferir lindas apresentações artísticas, que se iniciaram com a quadrilha tradicional, em seguida o CIEVI exibiu uma coreografia inédita, sob responsabilidade da professora Silvia Lourenção, que será apresentada em Catanduva, nos Jogos Regionais do Idoso de 2014, e após algumas danças apresentadas pelas alunas do Ensino Fundamental. Mas para fechar com “chave de ouro”, os alunos dos terceiros anos, do Ensino Médio apresentaram as “Esquisodrilhas” (quadrilhas com coreografias e músicas modificadas para que a dança fique mais divertida), que encantaram e divertiram os presentes.

O evento contou com a presença da Dirigente Regional de Ensino Marlene Jacomassi, também da Prefeita Municipal Eunice Mistilides Silva e dando todo o apoio necessário estava o Conselho Tutelar.

“Gostaria de agradecer a todos que se dedicaram esses dias na organização do evento, aos alunos, professores e o pessoal da escola da família, em nome da educadora profissional professora Regina Célia da Silva, que muito contribuíram em todas as etapas da organização da festa.  E fica o desafio para os alunos da terceira série do ensino médio do ano seguinte de realizarem uma festa ainda melhor, e assim sucessivamente, pois o evento só tende a crescer. Quando o aluno se envolve dá certo!”, finalizou a diretora da escola Mary Lourenço.

Desenvolvido por Enzo Nagata