jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Área Azul: difícil é conseguir o bilhete

Por Geni Izaura Nonis Cordeiro
18 de novembro de 2018
Geni Izaura Nonis Cordeiro (comerciante)
Área Azul, ótimo, sempre há vagas. Mas antes de utilizá-la tome remédio para os nervos. Não tenho aplicativo no celular e é uma tortura para conseguir o bilhete, pontos de venda, poucos atendentes e vários clientes, e já deixaram de vender o bilhete porque não tinha troco para R$ 2,00. 
Então você vai procurar os fiscais e já ouvi: “Não posso vender é orientação do escritório”, “Não vendo porque minha máquina está quebrada”; “não vendo porque minha máquina não faz vendas”; “não sou obrigada a vender, só fiscalizar”; “só vendo para idosos e deficientes”.
Haja paciência. Será que a JalesPark acha que não temos mais o que fazer, fazendo-nos perder tempo para adquirir o tal bilhete? E os vereadores, eles não usam a Área Azul para se deparar com esse problema? Já estive duas vezes no escritório para reclamar e lá fui informada de que todas as máquinas estão em pleno funcionamento. Mas na rua elas sempre dizem não. Quem está falando a verdade? E a novela continua.
E senta que lá vem história.

Geni Izaura Nonis Cordeiro  
(comerciante)