jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

APROVEITAR os momentos para divulgar produtos e serviços, principalmente em períodos de crise ou de adversidades ...

Contexto
11 de setembro de 2017
APROVEITAR
os momentos para divulgar produtos e serviços, principalmente em períodos de crise ou de adversidades em função de fatores que interferem nos negócios é o que todos procuram fazer, visando a manutenção e muitas vezes até o crescimento das suas atividades.

QUANDO
algum evento importante oferece essa oportunidade quem ganha não é apenas quem produz e comercializa seus produtos ou vende seus serviços, mas os compradores e os consumidores que ficam conhecendo melhor o que é oferecido e acabam procurando, depois, aquilo que viram exposto.

FOI
exatamente isso que vimos no final da semana passada na Praça João Mariano de Freitas, durante a 12ª Feira do Agronegócio da Uva e do Mel, desta vez atraindo um grande público pelo simples fato de mudar para um espaço público em um local aconchegante e com várias atrações, inclusive  shows e apresentações artísticas, além da exposição e vendas dos produtos.

ALGUNS
viticultores que poderiam ter participado mas preferiram esperar para ver o que iria acontecer com a mudança certamente estão lamentando ter ficado de fora de uma feira tradicional que na verdade foi também uma festa de visitação e de negócios, com compradores de longe e consumidores de toda região que acabaram adquirindo todas as uvas colocadas à venda.

PARA
a cidade, a feira foi importante na medida em que movimentou o comércio na área central e trouxe para Jales expositores de vários municípios da região, onde se destacaram os viticultores de Urânia e Palmeira d’Oeste que acabaram conquistando os melhores prêmios pelas uvas das suas propriedades.

A MUDANÇA
também contribuiu para mais uma vez destacar Jales como centro regional ao mesmo tempo em que consolida o extremo noroeste paulista como um dos mais importantes produtores de uva de todo o país, valorizando o trabalho da viticultura e do agronegócio da região.

ESSA
abertura para o crescimento da feira onde também se destaca o alto nível de sua organização sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Agricultura, surge como uma grande oportunidade de retomada da produção e conquista de novos mercados e melhores preços para os viticultores que deverão contribuir para um evento muito maior no ano que vem. (L.R.)