quarta 14 abril 2021
Arquibancada

Aposta ousada

Após entrevistar mais de dez treinadores estrangeiros, o São Paulo anunciou o argentino Hernán Crespo como novo técnico da equipe com contrato válido por dois anos. Centroavante da Argentina em três Copas do Mundo, o comandante tricolor acumula apenas cinco anos de experiência à beira do campo e vai encontrar enormes desafios no Morumbi.

Maior clube da curta carreira do treinador, o São Paulo está há mais de oito anos sem conquistar títulos, acumula dívida em torno de R$ 580 milhões e neste momento tem apenas R$ 37 milhões para gastar com reforços para a próxima temporada.

Para iniciar o trabalho e implementar o estilo de jogo, Crespo precisa da contratação de um centroavante para substituir Brenner. Além disso, a zaga e a lateral-direita são setores que necessitam de reforços e precisam ser olhados com carinho pela diretoria tricolor de acordo com o que o treinador observa sobre futebol.

Atual campeão da Copa Sul-Americana com o Defensa y Justicia, da Argentina, Crespo carrega pensamentos modernos e gosta de times velozes e verticais, com construção de jogo que começa na defesa, mas sem correr grandes riscos com troca de passes curtos como acontecia com Fernando Diniz.

O técnico é fã dos esquemas 3-4-3 e 3-5-2, porém também gosta de optar por variações no 4-4-2 e no 4-2-3-1. A ideia básica de Crespo é começar o jogo no setor defensivo, passar a bola rapidamente pelo meio-campo e chegar ao ataque com qualidade para a definição da jogada.

Para cumprir à risca o que pensa sobre futebol, Crespo precisa de uma dupla ou trio de zagueiros rápidos, alas com muita velocidade e atacantes que saibam construir, movimentar e infiltrar na área adversária. Atletas como Arboleda, Luciano, Reinaldo e Daniel Alves se encaixam neste perfil, o reforço Bruno Rodrigues é uma alternativa interessante, enquanto jogadores como Bruno Alves e Luan podem encontrar dificuldades.

Crespo promete um time com identidade e precisará de tempo para colocar em prática sua filosofia de jogo. A aposta do São Paulo é ousada, o treinador argentino tem muita qualidade e o Tricolor não pode errar nas contratações de jogadores bons e baratos. A paciência com o treinador será o maior desafio para o Tricolor colher os resultados a médio e longo prazo.

Hernán Crespo foi apresentado no São Paulo e posou ao lado do presidente Julio Casares // Foto: Reprodução/Twitter São Paulo FC

 Eduardo Martins

(jalesense, jornalista com formação da PUC-Campinas) 

Desenvolvido por Enzo Nagata