jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

APESAR do presidente americano Donald Trump dizer que a questão do aquecimento global e do meio ambiente não passa de balela...

Contexto
25 de março de 2018
APESAR 
do presidente americano Donald Trump dizer que a questão do aquecimento global e do meio ambiente não passa de balela, não é isso que pensam as mentes mais lúcidas, como por exemplo os estudantes do ensino fundamental da Escola Estadual Dom Artur Hosrthuis.

NO DIA
mundial da água eles apresentaram nada menos do que 40 propostas de ações a serem desenvolvidas dentro e fora da escola, com o envolvimento de professores, pais e comunidade, preocupados principalmente com a preservação de mananciais.

PROVA 
maior dessa preocupação foram as manifestações desses adolescentes em defesa dos córregos que cortam o município carregando toneladas de lixo, poluindo as águas que não podem ser aproveitadas nem para a agricultura, como acontece com o Córrego do Arara, como bem lembrou o engenheiro agrônomo Luiz Gonzaga, representando o grupo de agricultura orgânica, um dos parceiros convidados para dar o apoio necessário para a execução das ações propostas.

O MAIS
importante disso tudo é que todas essa ações fazem parte de um conjunto de ideias e propostas oferecidas pelos próprios alunos, convocando os adultos para o trabalho, onde os pais, professores e apoiadores são apenas mediadores para o cumprimento de cada etapa do projeto, como destacou a coordenadora dos trabalhos, professora Neusa Alves da Cruz.
ESTE
é o mundo em transformação de que tanto falam os educadores, quando os velhos conceitos e preconceitos são colocados de lado em função de novas posturas que muitas vezes chegam a surpreender e mesmo a chocar quem não está acostumado a assimilar comportamentos e exigências transformadoras, movidas muito mais pela intuição do que pela razão.

O CAOS
está instalado no nosso pequeno planeta, mas não tem como deixar de ser otimista quando vemos iniciativas como essas e tantas outras de crianças e jovens muito mais lincadas que os adultos na realidade e nas cobranças por um mundo melhor. (Luiz Ramires)