jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

ANA LÚCIA CAPARROZ GOMES

Coluna Gente
03 de fevereiro de 2019
ANA LÚCIA CAPARROZ GOMES 
aniversaria amanhã, dia 4 de fevereiro. Como a talentosa jornalista está trabalhando em São Paulo, claro que haverá um esforço da família para compatibilizar agendas e festejar a data com o carinho que ela merece. A lista dos aniversariantes da semana está na página 3 deste caderno.

RAPHAEL VIEIRA CARVALHO,
presidente da Gauri Eventos, de São Paulo, está muito entusiasmado com Jales e acha que foi um acerto da empresa investir em nossa cidade. As vendas dos camarotes para o Jales Rodeio Show, em abril, estão acima da expectativa. A novidade da próxima edição será o Camarote Império, com capacidade para mil pessoas. Por R$ 800,00 pelos quatro dias, o baladeiro poderá assistir aos shows e rodeios e comer e beber   à vontade no estilo “open bar e open food”, algo parecido com o que se vê nos sambódromos do Rio e São Paulo.

MARIA STELA GUIMARÃES RODRIGUES SILVA,
diretora da EDEM Musical desde os anos 70, vem colhendo os frutos de seu trabalho através do desempenho de ex-alunos. Um deles, Léo Jacomassi, que fez aulas de canto, já está cantando profissionalmente, animando eventos, como aconteceu no sábado, dia 26, na formatura dos alunos do curso de Pedagogia da Unijales. 

ADRIANA SUZUKI E JESUEL NAVES
festejam o sucesso da Suzuki Pastelaria , na Rua 2. Com a experiência de 15 anos no Japão, eles construíram um espaço especializado muito bonito e acolhedor que tem fidelizado a clientela.

CLAYTON CAMPOS,
diretor da Escola Livre de Teatro, continua acelerando na descida. No próximo dia 10 de fevereiro, a Elite será a anfitriã do Ponto de Cultura Garapa/Grupo Andaime de Piracicaba, que virá com vídeo-documentário, debate e, à noite, o espetáculo “As patacoadas de Cornélio Pires”. Voltaremos ao assunto. 

MARA AMARAL,
assessora parlamentar do deputado estadual Itamar Borges, matou saudades. Ela aproveitou o recesso no legislativo paulista e viajou para a Irlanda onde mora Gustavo, um de seus filhos. Mara, considerada braço direito de Itamar na região, voltou reenergizada. Era necessário, pois acompanhar o ritmo do deputado exige preparo físico de atleta.