jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

ACIDENTES com crianças acontecem em qualquer lugar e não tem hora para ocorrer, levando os familiares e profissionais de escolas ou que atendem os pequenos a ficarem permanentemente atentos para evitar problemas.

Contexto
05 de maio de 2019
ACIDENTES
com crianças acontecem em qualquer lugar e não tem hora para ocorrer, levando os familiares e profissionais de escolas ou que atendem os pequenos a ficarem permanentemente atentos para evitar problemas.

DADOS 
extra-oficiais apontam que cerca de um quarto dos acidentes com crianças e adolescentes até 14 anos ocorrem nas escolas, o que torna a tarefa dos cuidadores, servidores dos estabelecimentos e professores a somarem às suas tarefas mais essa atribuição: a de prevenir, ou quando acontecer, ter pelo menos uma noção do que pode ser feito.

MESMO
assim, continua sendo grande o número de acidentes com essas crianças e adolescentes, até por conta das condições físicas das escolas, que contribuem para os fatores de risco e precisam ser avaliados em algumas atividades programadas.  

ESSES
acidentes com crianças normalmente ocorrem de forma imprevisível, mas existem formas de evitar que isso aconteça adotando medidas que na maioria das vezes o servidor da educação não sabe e quase sempre são simples de se resolver, inclusive depois do acidente ter acontecido.

FOI
esse o principal objetivo da capacitação realizada em parceria entre a Prefeitura e o SAMU, reunindo funcionários das Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs), nas dependências da Câmara Municipal.

SÃO
momentos assim que permitem aos professores e funcionários das escolas  identificar e agir, preventivamente, em situações de emergência e urgência médica, podendo intervir no socorro imediato dos acidentados até a chegada do suporte médico.

COMO
afirmou a supervisora de ensino Elaine Magri “reconhecer a grandeza e a importância do treinamento de primeiros socorros no ambiente de trabalho, principalmente quando se trabalha diretamente com crianças, é compreender o grande valor que tem vida humana. Além disso, as noções de primeiros socorros nunca são em vão, pois os acidentes podem acontecem de forma inesperada e é sempre bom estar preparado e ajudar a salvar vidas”. (Luiz Ramires)