Contexto

A SITUAÇÃO dos professores não é fácil. Isso todos sabemos. Baixos salários, falta de valorização e respeito, falta de capacitação para enfrentar o mundo em permanente transformação, principalmente tecnológica e por aí vai.

A SITUAÇÃO
dos professores não é fácil. Isso todos sabemos. Baixos salários, falta de valorização e respeito, falta de capacitação para enfrentar o mundo em permanente transformação, principalmente tecnológica e por aí vai.

TAL TEMA,
principalmente nas escolas públicas vem sendo discutido não é de hoje. Entra governo, sai governo e a política educacional é sempre uma promessa, com muitas alterações, mas sem soluções que possam dar um mínimo de prestígio e dignidade para quem ensina e tem que conviver com crianças e adolescentes com as mais diversas tendências.    

NESSE
sentido, o diálogo passa ser fundamental, para se interagir melhor e buscar soluções criativas para ensinar, procurando um maior envolvimento entre aluno e professor, nas mais diversas situações não só de aprendizagem, mas na própria convivência, no dia a dia de cada classe.

NÃO
foi proposital, mas o fato de comemorarmos quase juntos o Dia do Professor e o Dia da Criança, é sempre um momento para refletirmos sobre essa situação que muitas vezes acaba resultando em ações bastante positivas, como algumas que aconteceram em nossa cidade.

UMA
dessas atividades foi a Ação Kids, realizada pelo Colégio Anglo, no dia 8 de outubro, com apresentação de trabalhos e música, desenvolvida com os alunos do 5º ano do ensino fundamental, sob o tema “Vamos brincar de conversar?”

OS TRABALHOS
foram muito variados, explorando formas de comunicação, a partir da linguagem em uma exposição que focou na construção das relações de respeito, amor, solidariedade e outros modos de convivência.

OUTRO
evento aconteceu nos dias 7, 8 e 9 de outubro, na Biblioteca Municipal, reunindo as EMEIs (Escolas Municipais de Educação Infantil), em um trabalho desenvolvido pela  Associação Amigos da Biblioteca, dentro do projeto Crianças na Biblioteca, com a presença da escritora jalesense Marilene Teubner.

OS ORGANIZADORES
do evento tinham como proposta incentivar a leitura nas crianças, estimulando a oralidade, a criatividade e o gosto pela poesia, mostrando que ações como estas sinalizam que nem tudo está perdido e é possível resgatar aos poucos o respeito dos alunos pelos seus mestres. (LR)

Desenvolvido por Enzo Nagata