jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

A presença do inglês na tecnologia e no mercado de trabalho

Por Matheus Galbero Zanetoni
23 de setembro de 2018
Matheus Galbero Zanetoni
Não é de hoje que a língua inglesa faz parte do nosso cotidiano. Seja nos livros, séries, filmes, músicas, videogames e nas mais diversas áreas profissionais, esse idioma possui grande importância. A presença do inglês no mundo contemporâneo é tão intensa que uma tentativa de separação dessa língua da tecnologia seria impossível. Isso se dá pelo fato de que os primeiros computadores, linguagens de programação e softwares originaram-se nos EUA, país anglo-saxão. Assim, ela se encontra totalmente inserida na tecnologia desde os primeiros computadores da chamada era moderna da computação, iniciada na década de 1940.
As primeiras linguagens de programação modernas, tais como Fortran, Lisp e Cobol, foram criadas por cientistas dos EUA e tornaram-se o padrão para a codificação de sistemas de software. Além da sintaxe, a documentação dessas linguagens computacionais é totalmente em inglês, fazendo com que noções mínimas dessa língua sejam um dos pré-requisitos para a aprendizagem e utilização delas. Nos dias atuais, as linguagens computacionais mais utilizadas no mundo, tais como C, C++, C#, Java, PHP, HTML e CSS, possuem sintaxe e documentação totalmente na língua inglesa. Outras linguagens e notações usadas no contexto da tecnologia também são especificadas totalmente por meio desse idioma. 
 No mercado de trabalho, a diferença salarial entre um profissional de tecnologia que domine esse idioma e outro que não é grande. De acordo com a 53ª pesquisa salarial realizada pela Catho, empresa brasileira de classificados de empregos, o salário de um analista de sistemas fluente em inglês, por exemplo, é, em média, 20% maior do que de um profissional com pouco ou nenhum conhecimento dele. Profissionais especialistas/graduados e supervisores ganham aproximadamente 32% e 61% a mais, respectivamente.
É importante também destacar que, se um profissional formado em qualquer área da tecnologia desejar trabalhar ou for selecionado para trabalhar em uma grande empresa de TI no exterior ou no Brasil, o inglês torna-se indispensável para seu sucesso. Isso se dá ao fato de que, além da aprendizagem de novas tecnologias e a realização de cursos de capacitação, a comunicação com colaboradores e clientes internacionais é realizada por esse idioma. Em outras palavras, para conquistar as melhores vagas de emprego é imprescindível dominá-lo. Mas, como aprendê-lo de forma eficaz?
Pode-se aprender uma língua estrangeira de diversas maneiras e em diversas instituições. Muitas faculdades e universidades oferecem disciplinas direcionadas a isso, como é o caso das Faculdades de Tecnologias (Fatecs), cujos cursos de graduação contemplam o ensino de inglês em todos os semestres. Também há os centros especializados no ensino de idiomas. Entre os meios alternativos, existem inúmeros sites, aplicativos móveis e aulas on-line (gratuitas ou não) que ensinam e trabalham as principais habilidades que necessariamente devem ser dominadas por qualquer estudante de língua estrangeira: leitura, escrita, oralidade e compreensão.
O aprendizado e o conhecimento da língua inglesa são indispensáveis para quem deseja seguir carreira profissional em qualquer área, principalmente na tecnologia da informação e comunicação. Um profissional que não possui noções mínimas desse idioma, pelo menos leitura e compreensão, não será capaz de disputar as melhores vagas de emprego, que são oferecidas pelas grandes corporações nacionais e internacionais. How about you? Can you speak English?

Matheus Galbero Zanetoni
Discente do 2º semestre do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Diurno)