jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

A ARTE, mais do que a cultura é a maior fonte das manifestações do espírito humano.

Contexto
12 de agosto de 2018
A ARTE,
mais do que a cultura é a maior fonte das manifestações do espírito humano. Isso muita gente sabe, mas está longe o momento de seus valores serem devidamente reconhecidos pela maioria das pessoas, mais preocupadas com o dia-a-dia e as conquistas materiais.

MESMO ASSIM,
em todas as partes ela está presente, em grandes espetáculos, nos mais recolhidos rincões ou aldeias, ou em momentos como o acontecido na calçada da Escola Livre de Teatro, no dia 25 de julho, uma quarta-feira à noite.

UMA
grande variedade de expressões da própria plateia, algumas mostradas de improviso, surgidas nos instantes em que as apresentações se revezavam, surpreendeu até os organizadores do Sarau no Ponto que vêm crescer o movimento do  público em cada edição.

PESSOAS
de todas as idades e diferentes classes sociais se uniram em um só objetivo de manifestar suas percepções e sensibilidades artísticas, levando algo mais para os presentes além do imediatismo da vida moderna ou valores ultrapassados que a cada dia perdem mais o sentido.

NA CONTRAMÃO
do isolamento vivido pela grande maioria das pessoas voltadas para o seu mundo virtual, eventos como este são uma demonstração de que as pessoas ainda se animam a viver em grupos, mostrando seus conhecimentos, suas competências, buscando o prazer na beleza que só a arte proporciona, seja qual for a sua forma de se manifestar.

NESSE
sentido, merece destaque a lei municipal aprovada pela Câmara que oficializa a autorização para uso do Centro Cultural Dr. Edilio Ridolfo pela Escola Elite de Teatro, para o desenvolvimento do seu trabalho, consolidando aquele espaço para as atividades culturais com todo leque das diferentes formas de expressões artísticas regionais, nacionais e internacionais. (Luiz Ramires)