jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

60 ANOS

Trabalho dos ex-provedores é reconhecido pela Santa Casa
16 de julho de 2018
O provedor Júnior Ferreira fez a apresentação dos homenageados durante o café da manhã
por Luiz Ramires

Se a Santa Casa de Jales se encontra hoje em uma situação financeira equilibrada e com um atendimento cada vez melhor aos seus pacientes, isso se deve a toda e sua equipe de colaboradores, mas não se pode negar a importância do trabalho administrativo comandado pelos seus ex-provedores. A afirmação do provedor Júnior Ferreira foi feita durante uma homenagem prestada aos ex-provedores José Pedro Venturini, José Devanir Rodrigues e Luiz Roberto Baitelo (o ex-provedor José Terron Spina não pode comparecer) na manhã do dia 11 de julho, quarta-feira, dentro das atividades programadas para comemorar os 60 anos do hospital.
Durante o evento também foram homenageados o professor José Cláudio Teixera Christophe, pelo seu reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Santa Casa em artigo publicado no Jornal de Jales do dia 15 de abril de 2018 e o diretor do Jornal de Jales e membro da irmandade do hospital Deonel Rosa Júnior, pela sua contribuição e participação nas atividades do mesmo ao longo de 40 anos.
O provedor explicou que nestes 60 anos, 13 provedores passaram pela Santa Casa, desenvolvendo seus trabalhos com muita competência, junto com os colaboradores, políticos e a comunidade que sempre colabora com o hospital.
Essa participação, como destacou o provedor, não poderia passar despercebida em um evento como esse, pois a população está presente em todas as promoções visando arrecadar recursos para a Santa Casa. Júnior Ferreira disse que são muitas as pessoas que contribuem com a administração do hospital e que na solenidade foram homenageadas através do professor Cláudio, pelo seu artigo e de Deonel, como colaborador e membro efetivo da mesa administradora.
O prefeito Flávio Prandi Franco foi representado no evento pelo ex-provedor José Devanir Rodrigues, o Garça que destacou a atuação dos demais ex-provedores que colocaram a Santa Casa de Jales em posição de destaque em relação às demais, sem dívidas e com uma qualidade de serviços cada vez melhores prestados aos pacientes de 16 municípios e de três estados que procuram o hospital que está virando uma referência.
O advogado Guilherme Soncini também foi convidado para se manifestar, como representante da família de seu avô, que foi um dos fundadores do hospital quando os pacientes de Jales ainda dependiam de atendimento médico em Estrela d’Oeste.